Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/09/2007 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Laser é capaz de detectar remédios falsos sem abrir frasco


Uma equipe de cientistas britânicos criou um laser capaz de verificar a autenticidade dos remédios sem precisar abrir o frasco do medicamento.

"A falsificação de remédios é um problema mundial", afirmou o chefe dos pesquisadores, Pavel Matousek, do laboratório Rutherford Appleton, em Oxfordshire (oeste de Londres).

"Muitas vezes falamos de remédios falsos que podem provocar a morte, como nos casos de malária, tuberculose e câncer", acrescentou o médico. Entre 50% e 90% dos comprimidos ou pílulas contra a malária vendidos na África, por exemplo, são falsos.

Os cientistas desenvolveram uma nova forma de espectroscopia Raman, uma ferramenta baseada na radiação eletromagnética capaz de identificar as moléculas dos produtos químicos.

A nova técnica, chamada espectroscopia espacial compensada Raman, permite obter dados sobre a composição química dos remédios por meio do frasco de vidro, de vasilhas plásticas, do invólucro da cápsula e das caixas.

O método já existente, a espectroscopia Raman, permitia também autenticar os remédios, mas era preciso retirar os comprimidos das caixas, o que impedia que as drogas autênticas pudessem ser comercializadas novamente, uma vez que tinham sido abertas.

Segundo o artigo publicado na última edição da revista americana "Analytical Chemistry", o laser, por enquanto, não consegue analisar os remédios por meio do metal, mas pode apenas comprovar a autenticidade dos medicamentos que, como no caso do Viagra, se tornaram os mais falsificados nos últimos anos.

A espectroscopia Raman, que deve seu nome ao físico indiano Chandrasekhara Raman, requer a iluminação de uma fonte de luz monocromática (laser) para que o espectrograma da luz dispersada mostre os desvios causados pelas mudanças de estado nas moléculas.

Essa técnica foi usada também para restaurar obras de arte rapidamente sem agredi-las e atestar sua autenticidade e idade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 309 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal