Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

02/02/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Professor é preso suspeito de tentar fraudar vestibular de medicina

Ele passaria as repostas aos candidatos por meio de mensagens de celular. Fraude foi descoberta em vestibular de universidade de Rio Verde (GO).

Um professor foi preso na quarta-feira (1) suspeito de tentar fraudar o vestibular para o curso de medicina em Rio Verde, a 235 km de Goiânia. De acordo com a polícia, o professor fez a prova da Universidade de Rio Verde (Fesurv) e passaria as repostas para os outros candidatos por meio de mensagens de celular.

O esquema de fraude foi descoberto após os policiais se passarem por fiscais. O professor, segundo a polícia, cursa o quinto ano de medicina e também dá aulas em um cursinho pré-vestibular da capital. Segundo a polícia, ele não chegou a passar as respostas da prova, mas vai responder por tentativa de estelionato.

Com o professor, os agentes encontraram anotações sobre o questionário. A polícia também prendeu um estudante suspeito de participar do esquema. Ele foi detido dentro da sala de aula com um celular. É proibido entrar com o aparelho no campus. De acordo com a reitoria, eles conseguiram despistar a fiscalização. A polícia também está investigando o envolvimento de outros dois vestibulandos.

“Eles estão sujeitos a uma pena que varia de um a cinco anos por tentativa de estelionato. Vão ser autuados em flagrante e mantidos presos, uma vez que não cabe fiança na fase policial”, explica o delegado Danilo Fabiano, da 8ª Delegacia Regional de Polícia.

O reitor da Fesurv, Sebastião Lázaro Pereira, afirma que os demais estudantes não serão prejudicados: “Os candidatos podem ficar tranquilos. O resultado do vestibular sai na segunda-feira (6) e o início das aulas será no dia 13, sem problema algum”.

A Polícia Civil ainda prendeu mais uma pessoa suspeita de participar do esquema. Segundo as investigações, o chefe da quadrilha pagava ao estudante de medicina e professor R$ 5 mil para fazer a prova, e o preço variava entre R$ 20 mil e R$ 25 mil. De acordo com a investigação, o grupo fraudou pelo menos 15 vestibulares de medicina em várias universidades do país.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 456 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal