Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

02/02/2012 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia recupera carga roubada e prende estelionatários e receptador

Somente a carga recuperada foi avaliada em R$ 150 mil. O veículo em que ela estava também era roubado.

Policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) prenderam, na quarta-feira (1º), Elton Gonçalves Nogueira, 19 anos, em uma van roubada e carregada com uma carga de cigarros também roubada no mesmo dia, em Joinville (SC). Foram presos também Carla Justina de Oliveira, 36, e Robson Santos da Silva, 22, suspeitos de aplicarem golpes nos comércios de Curitiba. Daniel Pequis Alves, 37 anos, foi preso por receptação de uma geladeira comprada pelo casal.

A prisão de Elton ocorreu após informações recebidas de que a carga estaria vindo em direção a Curitiba. A operação foi montada pelos policiais da DEDC, em conjunto com a Polícia Militar Rodoviária, na rodovia João Leopoldo Jacomel, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde a van carregada de cigarro roubado foi abordada.

Além da carga recuperada, avaliada em R$ 150 mil, a polícia descobriu que o veículo teria sido roubado em novembro do ano passado, em Ponta Grossa, região dos campos gerais do Paraná. As investigações prosseguem no Estado para identificar os assaltantes. A troca de informações com a Polícia Civil de Santa Catarina é peça fundamental no caso.

CASAL – A polícia prendeu o casal Carla e Robson em casa, em Pinhais. No local foram encontrados diversos documentos falsos, como carteiras de identidade, cartões de bancos, comprovantes de renda e residência, entre outros. Daniel foi preso por receptação de uma geladeira comprada pelos dois de forma ilegal, mas teve fiança arbitrada e será liberado mediante o pagamento.

A polícia recebeu denúncias de que Carla, com o uso de documentos falsos, estava fazendo diversas compras no comércio de Curitiba e região metropolitana. A suspeita chegou a ser monitorada pelos policiais quando tentava comprar em uma loja de móveis na rua Ébano Pereira, no centro de Curitiba.

No momento em que os policiais iriam efetuar a prisão, os suspeitos foram avisados pela gerente da loja e eles escaparam da ação. “Segundo nos informou a Carla, seu marido era responsável pela confecção da documentação e ela era quem realizava as compras fraudulentas”, comentou o delegado-titular da DEDC, Cassiano Aufiero. Segundo o delegado, a dupla agia há mais de um ano fraudando o comércio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 338 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal