Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

01/02/2012 - odiario.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF alerta para derrame de notas falsas no norte do Estado

Por: Alexandre Sanches


Um derrame de notas falsas está mobilizando a Polícia Federal (PF) em Londrina, que tem diversos inquéritos abertos para investigar a origem e, principalmente, a forma como os falsificadores estão atuando em toda a região norte do Paraná.

Cerca de 50 inquéritos estão em curso desde 2011, indo desde recebimento de notas de pequeno valor e quantidade até grande volume. No entanto, as investigações correm em segredo de Justiça.

Segundo o delegado operacional Elvis Secco, a falsificação não está apenas nas notas mais comuns que estavam em circulação, atingindo hoje as notas de R$ 100,00 novas, que começaram a circular recentemente e que, em tese, apresentavam novos mecanismos de segurança. "A ousadia está de tal forma que já conseguiram até mesmo quebrar alguns desses mecanismos elaborados pelo Banco Central", comentou.

O delegado orienta as pessoas a intensificarem os cuidados ao receber as notas, principalmente o comércio. "No site do Banco Central há as orientações sobre como identificar uma nota verdadeira da falsa. É bom também que os comerciantes treinem seus funcionários a identificar uma nota falsa e, principalmente, que redobrem a atenção, pois uma pessoa querer pagar um produto de R$ 10 com nota de R$ 100 é preciso desconfiar", ressaltou, lembrando que as pessoas podem acessar o site www.bcb.gov.br.

A atenção é redobrada, principalmente, no período de grandes promoções e festas, em que há grande circulação de pessoas e de dinheiro. Secco disse que a falsificação e derrame de notas não acontece apenas em Londrina, mas em cidades pequenas da região, também, principalmente durante a realização de festas e eventos regionais. "Em Londrina teremos, nos próximos meses, a ExpoLondrina, que vai movimentar muita gente e muito dinheiro. E isso é um momento propício encontrados para acontecer derrame de notas falsas e falsificação", afirmou.

Para o delegado, apesar dos muitos inquéritos abertos, a PF está seguindo diversas linhas de investigação, buscando mapear os locais onde estão sendo repassadas as notas falsas e, principalmente, em encontrar os autores das falsificações.

A orientação para quem receber uma nota falsa retirada em uma agência bancária, é que busque imediatamente a gerência do banco pra fazer a troca. Caso contrário, deve procurar uma delegacia da Polícia Federal ou Polícia Civil para abrir inquérito invetigativo. No entanto, ao entregar a nota falsa, ela não será restituída. "E não adianta tentar repassar essa nota para frente, pois a pessoa que fizer isso consciente, também estará incorrendo em crime e poderá responder criminalmente se for flagrado", ressaltou Elvis Secco.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 208 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal