Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/09/2007 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Muitos enxergam chance de faturar


O DPVAT foi criado para amparar as vítimas de acidentes envolvendo veículos automotores em todo o território nacional, segundo explica a Fenaseg.

Ela acrescenta que o DPVAT cobre danos pessoais e que foi criado para dar cobertura às vítimas de acidentes ou seus beneficiários, exceto em casos de danos materiais causados ao veículo.

As coberturas são três - morte, invalidez permanente total ou parcial -, além do reembolso de despesas de assistência médica e suplementares (DAMS). “Todas as pessoas, transportadas ou não, que forem vítimas de acidentes causados por veículos automotores de vias terrestres ou por sua carga, estão cobertas pelo DPVAT”, explica a Fenaseg através da assessoria.

As indenizações são pagas individualmente, não importando quantas vítimas estiverem envolvidas no mesmo acidente. O pagamento independe também da apuração de culpa. Para solicitar a indenização, a vítima ou beneficiário pode apresentar os documentos necessários nos escritórios da Fensaseg e escolher a seguradora de sua preferência.

A Fenaseg admite a existência de fraude. “Infelizmente, não temos mecanismos suficientes para comprovar as fraudes. Aquelas efetivamente comprovadas representam cerca de 1,5% dos casos, mas nossa percepção de fraude vai muito além disso”, frisa.

A Fenaseg assinala que, pelo objetivo social do DPVAT, com simplicidade na contratação e na comprovação e no pagamento do benefício, uma série de pessoas identificaram neste tipo de seguro uma oportunidade de enriquecimento ilícito.

“Forjam atestados de óbito, boletins de acidente e aproveitam um momento de fragilidade das vítimas e de seus beneficiários para conseguirem documentos necessários para o recebimento do seguro. Esses oportunistas aparecem nos próprios locais dos acidentes, nos hospitais, funerárias, em qualquer lugar”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 501 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal