Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/01/2012 - O Documento Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

França insinua que corrupção provocou déficit de R$ 940 mi no Governo de MT

Por: Cláudio Moraes


Após um período de férias, o ex-prefeito de Cuiabá por dois mandatos entre 2000 e 2008, o radialista Roberto França (DEM), retornou a apresentação do programa Resumo do Dia (TV Rondon - canal 05) criticando a decisão do Governo de Mato Grosso em promover cortes orçamentários na ordem de R$ 1,1 bilhão neste ano. Em comentário durante o programa na noite de hoje, o polêmico apresentador insinuou que corrupção nas gestões anteriores no palácio Paiaguás tenham provocado o rombo financeiro milionário.

De acordo com Roberto França, o déficit financeiro juntamente com os restos a pagar com fornecedores do Governo de Mato Grosso é de R$ 940 milhões. "Precisamos saber como esta fortuna sai pelo vão dos dedos", analisou.

O apresentador afirmou que é lamentável verificar denúncias de corrupção como a emissão milionária fraudulenta de cartas de crédito e também juros para empreiteiras. "É carta de crédito com esquema. É empreiteira que faz acordo para receber R$ 30 milhões e recebe R$ 300 milhões. Desse jeito, não há cofre que resista", frisou.

Segundo Roberto França, é inaceitável o Governo de Mato Grosso paralisar os investimentos em obras com recursos públicos. "Só teremos a partir de agora obras com recursos federais ou empréstimos que nossos filhos pagarão no futuro", apontou.

Fan Park

Roberto França também condenou a decisão do governador Silval Barbosa (PMDB) em mudar o local de construção do Fank Fest, que será o local onde a população poderá acompanhar os jogos da Copa do Mundo de 2014. Inicialmente, a arena seria construída no Parque de Exposições da Acrimat, entre os bairros do Porto e Dom Aquino, mas agora será no Morada do Ouro, mais precisamente no Memorial João Paulo II.

Roberto França disse que não vai aceitar a troca sem uma compensação para a população do Dom Aquino e Porto. "Quero que o governador e o secretário da Secopa criem vergonha e cumpram com aquilo que prometeram para aquela região. Em nome de Cuiabá e do legado, o Fant Fest deixaria para uma nova região. Lá no Porto, Dom Aquino, vai ficar só cachorro e cavalo", opinou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 119 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal