Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/01/2012 - IDG Now! Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cracker israelense libera senhas de 100 mil usuários árabes do Facebook

Com apelido de Hannibal, hacker postou dados em sites de compartilhamento e prometeu estar sempre ao lado de Israel; rede social não confirma ataque.

Um cracker que alega agir em defesa de Israel liberou 100 mil credenciais de usuários do Facebook, supostamente árabes, no quem vem sendo uma ciberdisputacada vez mais tensa entre os dois lados.

O cracker, que adota o nome de Hannibal, postou as credenciais em quatro partes no site Pastebin, além de torná-las disponíveis em outros 14 sites de compartilhamento.

Em uma nota apresentando os dados, ele alegou ter detalhes de 30 milhões de contas de e-mail, 10 milhões de contas bancárias, e 4 milhões de cartões de crédito pertencentes a “árabes de todo o mundo”.

Hannibal parece ter proposto uma trégua, uma vez que os cibertaques contra Israel parecem ter diminuído nos últimos dias, mas prometeu sair em defesa do país caso necessário: “Se eles aparecerem de novo, vou salvar Israel mais uma vez. Confiem em mim. Sempre estarei por perto.”

E-mails enviados para um endereço fornecido por Hannibal nos dados do Pastebin foram rejeitados pelo provedor de hospedagem.

Desde o último dia 13, Hannibal liberou pacotes com detalhes de e-mails e informações de login no Facebook. Representantes da rede social afirmaram na última semana que um dos pacotes lançados pelo hacker continha menos de um terço de credenciais válidas, e que metade delas não era associada com contas do site. “Isso não representa um hack do Facebook ou dos perfis de usuários do Facebook”, afirmou o site.

O Facebook afirma que valida toda tentativa de login no site, esteja a senha correta ou não, com o intuito de escanear a página em busca de atividade maliciosa.

Há algumas semanas, um hacker que adota o nome de “oxOmar” liberou dezenas de milhares de números de cartão de crédito de cidadãos israelenses. O Departamento de Supervisão Bancária de Israel afirmou depois que apenas 15 mil desses números estavam ativos.

Pouco após esse vazamento, um usuário do Twitter chamado Omer Cohem (ou “0xOmer”) liberou os números e datas de expiração de 400 cartões de crédito pertencentes a moradores da Arábia Saudita. No entanto, Omer Cohen não publicou o CVC, o código de três dígitos na parte traseira do cartão, necessário para a realização de compras online.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 109 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal