Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/09/2007 - Folha de Pernambuco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha usava a Internet para falsificar documentos de identidade e CPF

Por: Tiago Barbosa


A Polícia Civil conseguiu evitar a completa instalação, em Pernambuco, de uma quadrilha que se utilizava da Internet para falsificar documentos e aplicar golpes. Agentes da Delegacia de Boa Viagem prenderam três homens - todos de fora do Estado - que integrariam o bando sob o comando de um rapaz que permanece foragido. O paulista Ronaldo Nunes da Silva, o fluminense Wanderson Lopes Requine, de 25 anos, e o mineiro Daniel Junior Rodrigues, de 18, vieram ao Recife para ajudar um homem identificado como Martinho Jaguaribe Silva, de 30 anos, a enganar estabelecimentos comerciais e adquirir produtos eletroeletrônicos. O golpe foi desvendado por investigações policiais que descobriram o paradeiro dos jovens. O líder do quarteto escapou e é considerado foragido.

Os presos contaram como o esquema funcionava. Daniel Junior, natural da cidade mineira de Monte Carlo, foi trazido ao Recife, na última quinta-feira, por Martinho , que ele diz ter conhecido na sua cidade natal. O jovem era encarregado de pesquisar na Internet nomes completos e o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) das vítimas. “Conseguia fácil. Em sites de busca refinada, essa informação era naturalmente arranjada”, explicou o jovem, que recebia R$ 300 pelo “serviço”. O rapaz disse, ainda, que os dados colhidos eram repassados a Martinho, que tratava de falsificar documentos e fazer as compras pela rede mundial de computadores. Para escapar da polícia, o cabeça do bando bancava as despesas de seus comparsas nos endereços para onde seria enviado o material comprado. Daniel dividia o apartamento com Wanderson, nascido em Nova Iguaçu, que alegou ter sido trazido para a Capital pernambucana, há quatro semanas, com o propósito de trabalhar com carteira assinada em uma loja.

A polícia recolheu, na casa onde os dois viviam, diversos aparelhos, entre notebooks, televisões, rádios e ventiladores. O patrimônio foi avaliado em R$ 10 mil. Foram apanhadas, também, notas fiscais de várias lojas pernambucanas, cheques, cartões de crédito falsificados e documentos forjados com a foto do homem que a polícia apontou como chefe da equipe. Pelo menos seis identidades diferentes foram verificadas.

O assistente administrativo Ronaldo Nunes namora Martinho há, pelo menos, um ano e meio. Ele depôs que desconhecia a atividade do companheiro, que o teria convidado a vir a Pernambuco com a promessa de “ganhar dinheiro fácil”. “Ele me pediu para abrir uma conta. Mas eu desconfiei quando começou a entrar muita grana. Pedi para fechá-la”. Ele garante que não tem envolvimento com o bando.

Para o delegado Evaristo Ferreira Neto, todos os detidos tinham envolvimento, apesar de negar. “A partir do momento em que se beneficiam, estão envolvidos. Dão credibilidade às fraudes”. Eles foram enquadrados por formação de quadrilha, falsificação de documentos e estelionato. Evaristo disse que o grupo tinha uma característica própria de trabalhar. Ficava um tempo num estado, mudava de endereço algumas vezes e, depois, migrava para outras localidades.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 447 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal