Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

27/01/2012 - Público.pt - Última Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Moeda de dois euros é a mais falsificada em 157 mil detectadas na zona euro

Por: Pedro Crisóstomo


A moeda de dois euros continua a ser a mais falsificada no total de 157 mil retiradas de circulação no ano passado na zona euro. Entre moedas de 50 cêntimos, um e dois euros, foram detectadas em circulação nos 17 Estados-membros menos 15% de divisas falsificadas em relação a 2010.

No último ano, foram falsificadas 94500 moedas de dois euros, perto de dois terços de todas as que as autoridades europeias detectaram ao longo de 2011, mostram os números hoje revelados pela Comissão Europeia.

Os cálculos resultam de estatísticas que consideram apenas três moedas – as que têm os valores faciais mais elevados – e indicam uma redução dos níveis de falsificação de moedas, o que também aconteceu com as notas em 2011.

Em termos absolutos, as 157 mil moedas retiradas de circulação representam uma percentagem muito pequena em relação ao número de peças verdadeiras a circular na zona euro. Correspondem a uma equação de uma moeda falsa a cada 100 mil moedas genuínas, já que existem cerca de 16 mil milhões de moedas de euro verdadeiras (entre as três que valem mais).

Nos últimos quatro anos, o número de peças contrafeitas caiu 19,9%. De 2008 para 2009, a falsificação diminuiu de 195.900 moedas para 172.100, mas no ano seguinte voltou a aumentar, passando para 186 mil.

A falsificação de notas também terá diminuído, segundo números já revelados pelo Banco Central Europeu. Foram encontradas 606 mil notas falsas no ano passado (menos 19,3% do que em 2010). Em Portugal, as autoridades encontraram 15.841 notas. A de 50 euros foi a mais detectada (8666), seguida da de 20 euros (5597), tendência idêntica à europeia, de que estas duas peças são as mais contrafeitas.

A Comissão Europeia lê os números que apresentou com satisfação. “Foram alcançados bons resultados na luta contra a falsificação de euros graças a um conjunto abrangente de medidas de prevenção e de detecção postas em prática nos Estados Membros e a nível da UE”, lê-se num comunicado, onde o comissário responsável pela Luta contra a Fraude, Algirdas Semeta, admite, contudo, que os “os gerentes de lojas, as pequenas empresas e os cidadãos estão particularmente expostos ao risco de receber notas e moedas falsas”.

Há um ano, entrou em vigor um regulamento, adoptado pelo Parlamento Europeu e o Conselho Europeu, “que estabelece as regras para as instituições financeiras assegurarem que todas as moedas de euro que repõem em circulação são genuínas”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 150 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal