Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/09/2007 - Folha da Região Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Rapaz corta dedos para dar golpe em seguradora

Por: Roberto Alexandre


Suzanápolis - A Polícia de Suzanápolis, na região de Andradina, prendeu três acusados de tentar aplicar há oito anos um golpe em uma seguradora. Um deles, que na época tinha uma apólice de R$ 200 mil, chegou a cortar com uma motosserra os três dedos da mão esquerda para receber o dinheiro. O caso veio à tona durante a investigação de um homicídio ocorrido na cidade no dia 17 de agosto.

Segundo a polícia, há oito anos, cinco amigos tiveram a idéia de aplicar um golpe em uma empresa de seguros simulando um acidente de trabalho. Ricardo do Carmo Santos Rodrigues, hoje com 29 anos, se propôs a cortar os três dedos da mão esquerda para receber o dinheiro do seguro. O plano ainda teria a participação de Ivanir Lima, Odemir Francisco Cruz, Cícero Santos e Demirval Justino Ribeiro, que seria o mentor do esquema.

Segundo a polícia, o corte dos dedos foi feito em uma chácara, na zona rural da cidade. O grupo teria anestesiado a mão de Ricardo e depois decepado os dedos com uma motosserra. Ricardo foi socorrido como se tivesse sofrido um acidente. Ele foi atendido no hospital da cidade e transferido para a Santa Casa de Araçatuba.

Na época, segundo a polícia, a seguradora desconfiou da farsa e não quis pagar o dinheiro do seguro. Ricardo entrou na Justiça para receber o dinheiro. A decisão saiu no começo deste ano, conforme apurou a polícia. A Justiça determinou que a seguradora pagasse R$ 115 mil.

Com o dinheiro em mãos, Ricardo teria distribuído parte para o grupo. Ivanir teria ficado com R$ 5 mil; Cícero Santos com R$ 1 mil; Odemir Cruz com R$ 2,5 mil. Este último, que estava doente, morreu dois meses depois de receber a parte dele. Demirval Ribeiro não recebeu nada. A polícia apurou que ele estaria reivindicando R$ 35 mil.

No dia 17 de agosto, Demirval foi assassinado com cinco tiros na frente da casa dele. A polícia passou a investigar o crime e descobriu na residência da vítima uma carta onde ele revelava parte do esquema da tentativa de golpe do seguro. A correspondência estava endereçada à namorada da vítima. A polícia também encontrou uma fita cassete na qual ele relatava todo o esquema combinado pelos colegas há oito anos.

A fita e a carta foram apreendidas. A partir disso, a polícia pediu a prisão preventiva de três suspeitos de envolvimento com o assassinato: Ivanir e Ricardo, que teriam participado da tentativa de golpe e um outro rapaz acusado de fazer ameaças a vítima de homicídio. Cícero está sendo investigado, mas não foi preso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 380 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal