Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

17/11/2008 - PC Advisor Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Internauta britânico vale mais de US$ 21 mil para criminosos virtuais

Por: Carrie-Ann Skinner

Londres - Metade dos internautas entrevistados no Reino Unido não atualizam antivírus, dando brecha a fraudes online, diz Get Safe Online.

Cada internauta britânico vale, em média, 14.500 libras, cerca de 21.619 dólares, para um criminoso virtual, afirma pesquisa da Get Safe Online. Esta é uma média de quanto dinheiro um cracker consegue por meio de fraudes online, acessando contas bancárias e cartões de crédito.

De acordo com o relatório 2008 Get Safe Online Report, 85% dos usuários de internet do Reino Unido têm softwares antivírus, mas 48% não os mantêm suficientemente atualizados para ter certeza de que ele continua eficiente. O relatório também revelou que 47% não têm software de autentificação contra phishings e 19% admitiram usar a mesma senha para todos os sites, aumentando gravemente o risco de ataques de phishing.

O relatório também destacou que os ataques de phishing aumentaram, com 23% dos entrevistados admitindo que já foram vítimas ou conhecem alguém que já caiu em algum ataque este ano, comparado a apenas 8% no ano passado.

"Estamos incentivando fortemente mais pessoas a ficarem online, mas ao fazê-lo, ter certeza que elas estão a salvo e seguras. Queremos chamar a atenção para o fato de que a atividade criminosa online pode ser um negócio sofisticado, mas que cada um de nós pode tomar medidas de presenção", disse Tony Neate, diretor da GetSafeOnline.org.

Nick Staib, diretor da GetSafeOnline.org e gerente sênior do HSBC acrescentou: "Se uma reputação financeira for comprometida por roubo de identidade, isso poderia ter um impacto na capacidade de obter crédito ou emprestar dinheiro no futuro. Mesmo com uma explicação em seu registro de crédito, você pode ser visto como cliente de alto risco".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 107 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal