Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

20/01/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Aumentam casos de vítimas de site falso de compra em Ourinhos, SP

O site Pmar.com funciona como fachada para a ação de golpistas. Mais de duas mil pessoas teriam sido enganadas no Brasil.

Aumentam os casos de vítimas que, ao fazerem compras pela internet, entram em sites falsos. Um site fez vítimas em Ourinhos, com promoções tentadoras. Cuidados comuns, como verificar se o site tem uma sede real e se a página é segura não são mais suficientes.

O site da Pmar.com funciona como uma fachada eletrônica para a ação de golpistas. As ofertas oferecidas são de eletroeletrônicos com preços 120% mais baratos do que os encontrados no mercado. Além disso, o endereço eletrônico aparenta ter um sistema de segurança confiável para o fornecimento de dados sigilosos.

Assim o site conseguiu atrair vítimas para um golpe milionário. Produtos adquiridos e devidamente pagos nunca foram entregues pela falsa empresa. O radialista Fábio Conti foi uma das vítimas. “Comprei um aparelho de Blu-ray em dezembro de 2011, mas até hoje espero pela entrega do produto”. O prejuízo de R$ 450 serviu de estímulo para ele abrir um fórum de reclamações na internet para chamar a atenção de outras vítimas, consumidores em geral e autoridades.

Pela internet, foram localizadas outras dezenas de vítimas em outros estados. O escritório onde funcionava a sede real da empresa funcionava em um edifício comercial localizado no centro de Ourinhos, interior de São Paulo.

Assim que as denúncias começaram a surgir, os golpistas fugiram da cidade. Uma secretária que trabalhava no local disse em depoimento à polícia que não sabia do esquema e foi contratada para apenas atender as ligações telefônicas feitas por clientes do site. A suspeita é de que cerca de duas mil pessoas em todo o país tenham sido vítimas do golpe.

As investigações têm sido feitas pelo Ministério Público Federal e pela Delegacia De Investigações Gerais (DIG) de Ourinhos, onde a pilha de boletins de ocorrência contra a empresa não para de crescer.

De acordo com o delegado João Beffa, quem faz compras pela internet precisa ficar atento a segurança e a procedência dos sites. “É importante também levantar informações com outros consumidores para não ser pego de surpresa e acabar no prejuízo”, indica.

A recomendação para as vítimas de golpes como este é procurar o Procon e, dependendo do caso, registrar queixa na polícia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 381 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal