Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/09/2007 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PM prende trio de golpistas da capital

Por: Hedi Lamar Marques


Três homens foram presos ontem, pela Polícia Militar, acusados de praticar golpes em caixas eletrônicos. Todos são residentes em Belo Horizonte. Rafael Lúcio da Silva, 25 anos; Alex da Silva, 27, e Edson Alves da Silva, 31, chegaram a Uberaba na quarta-feira, por volta do meio-dia, e se hospedaram em um hotel no bairro São Benedito.

No fim da tarde, a PM recebeu informações sobre a presença do trio na cidade, e a partir daí eles passaram a ser monitorados pela equipe do Serviço de Inteligência. Segundo a polícia, os autores conseguiram fazer pelo menos uma vítima. A mulher foi abordada por um dos acusados, identificado posteriormente como Edson, quando tentava realizar o depósito de um cheque.

Com a desculpa de que pretendia ajudar a vítima, ele conseguiu transferir R$ 1,5 mil da conta da mulher para outra, possivelmente de um "laranja".

Quando os estelionatários retornaram à mesma agência, no fim da manhã, com o objetivo de sacar o dinheiro, acabaram presos pelos policiais militares, sendo que um estava no interior do banco e os demais aguardando do lado de fora, em um veículo Golf GTI de cor preta, placas GTS-4052/Sabará (MG), o qual pertenceria a Rafael.

A guarnição Rotam, comandada pelo sargento Cintra, participou da ocorrência. Com os suspeitos foram apreendidos dez cartões magnéticos dos bancos Caixa Econômica Federal, Mercantil do Brasil, Unibanco e Bradesco, além de aproximadamente R$ 2 mil em dinheiro e vários extratos bancários. Os três foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal.

Segundo o delegado Edvaldo de Souza Gomides, os homens presos compravam cartões provavelmente de "laranjas", pois tinham inclusive as senhas, sendo os mesmos utilizados posteriormente para transferências fraudulentas. A maioria dos cartões era da CEF, por isso o caso foi encaminhado à PF. O delegado explicou que o caso precisa ser investigado, mas existe a desconfiança da participação de outras pessoas no esquema.

Na hora de prestar declarações, os três acusados negaram participação no crime. De acordo com Gomides, Rafael e Alex foram contraditórios em seus depoimentos, enquanto Edson chegou a admitir a prática do estelionato informalmente. A PF ratificou os flagrantes dos envolvidos pelo crime de estelionato e os presos permanecem na penitenciária, à disposição da Justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 401 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal