Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

13/01/2012 - Rádio Criciúma Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia desmantela esquema de documentos falsos para imigrantes nos EUA


Um esquema de falsificação de documentos para imigrantes indocumentados, que atuava em todos os Estados Unidos, foi desmantelado no Estado de Massachusetts. Entre os produtos oferecidos pela quadrilha estavam Social Security, certidões de nascimento, entre outros. Cada cliente pagou entre 700 e 2.500 dólares pelo pacote completo, segundo informaram na quarta-feira (11) os investigadores federais que atuaram no caso.

De posse dos documentos, os imigrantes conseguiam obter carteira de motorista e alguns até tentaram conseguir um passaporte dos Estados Unidos. Conforme as provas levantadas, centenas de imigrantes compraram documentos vendidos pela quadrilha. Um total de 50 pessoas foram presas, incluindo quatro de Massachusetts. O esquema operava nas cidades de Lynn, Dorchester, Lawrence, Salem e Worcester.

Bruce Foucart, agente do departamento de Imigração, ressaltou que este esquema é extremamente perigoso para a segurança nacional e pública, pois entre os imigrantes que compraram os documentos, podem estar terroristas e outros criminosos. “Estes documentos falsificados facilitaram a aquisição de documentos verdadeiros, tais como licença para dirigir e passaportes”, alertou Foucart.

O agente explica que para produzir os documentos falsos a quadrilha roubava documentos verdadeiros ou comprava de cidadãos norte-americanos que precisavam de dinheiro. “Será um trabalho demorado e será muito difícil identificar quem foram os imigrantes beneficiados por este esquema”, afirma, salientando que, a princípio, as investigações acontecerão em Porto Rico, de onde acredita, se originou a maior parte dos documentos roubados e comprados.

Bruce explica que a quadrilha procurava cidadãos norte-americanos que se encaixavam no perfil do imigrante interessado no pacote. Depois acontecia uma pesquisa se a pessoa venderia os documentos, caso contrário eles os roubariam.

O esquema foi detectado pela primeira vez na cidade de Rockford, em Illinois, e logo em seguida os investigadores descobriram que se tratava de um esquema muito grande e que atuava em alguns estados do país, entre eles Nebraska, Indiana e Virgínia.

Dos quatro envolvidos no Estado de Massachusetts um continua foragido. Caso eles sejam condenados podem pegar até 15 anos de prisão e receber uma multa de 250 mil dóalres. Esta investigação foi liderada pelo Immigration and Customs Enforcement – ICE em parceria com outras agências, incluindo o Serviço Postal dos EUA e os departamentos de polícia de cada cidade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 98 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal