Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

27/12/2011 - Bom Dia Sorocaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude em cartão faz centenas de vítimas

Por: Júlio Penariol

No total, R$ 47 mil sumiram das contas destes trabalhadores. No BOM DIA, foram pelo menos seis vítimas.

Você entra no supermercado, faz suas compras normalmente, vai até o caixa e, na hora de pagar a conta com o cartão de vale alimentação, vem a notícia: “O seu cartão não tem nenhum saldo, senhor”.

Esta cena ocorreu com centenas de trabalhadores de Bauru este mês. Ainda não se sabe ao certo o número de vítimas, pois nem todas registraram boletim de ocorrência, mas várias tiveram seus cartões fraudados.

Só na prefeitura, até nesta terça-feira (27) eram 194 servidores municipais que tiveram os créditos furtados. No total, R$ 47 mil sumiram das contas destes trabalhadores. No BOM DIA, foram pelo menos seis vítimas. Segundo o delegado da Polícia Civil, Milton Bassoto, 14 boletins de ocorrência (um deles com todas as vítimas da prefeitura) registrados no 2º e no 3º DPs já estão em suas mãos, mas outros podem ter sido feitos na cidade.

Em comum, de acordo com o delegado, todos os cartões fraudados continham a senha no próprio objeto: eram os quatro últimos números do cartão.

“Esse é o típico crime que só ocorre quando alguém tem acesso a informações privilegiadas, como banco de dados e senhas. Provavelmente entraram no sistema da empresa que emite os cartões e fizeram os saques”, explica Bassoto.

Os créditos fraudados não foram utilizados apenas em estabelecimentos de Bauru. Apareceram compras como feitas na capital paulista e até em outros estados, como Paraná.

Servidor municipal desde 2007, Gilmar Barros foi um dos “sortudos”. Ele perdeu R$ 230 – e passou o maior constrangimento em um supermercado da cidade. “É muito chato você ouvir do caixa que não tem saldo para pagar as compras”, diz.

Ele procurou a Divisão da Secretaria da Administração, que registrou boletim de ocorrência. Todos os cartões dos servidores da prefeitura foram bloqueados, inclusive dos trabalhadores que não tiveram qualquer problema, e trocados por outro, com a garantia da empresa de que o sistema de segurança tinha sofrido melhorias.

Os servidores fraudados tiveram o valor reembolsado pela empresa. Mesmo assim, Gilmar diz que, a partir de agora, sempre terá receio de passar pela situação de novo. “Eu fico em Bauru, e fraudaram meu cartão em outra cidade. Não tem como a gente não temer que isso ocorra de novo”, afirma.

Delegado aconselha registro de BO

O delegado Milton Bassoto diz que as vítimas devem sempre registrar boletim de ocorrência, pois serve como prova na hora de pedir o reembolso e auxilia nas investigações da polícia.

47 mil

É o valor em reais que apenas os servidores municipais tiveram retirados de seus cartões de vale alimentação

Problema não é considerado novidade

Outras cidades, como Guarulhos, segundo o BOM DIA apurou, tiveram problemas semelhantes. “Fraudar qualquer cartão já é comum”, diz Bassoto.

Empresa se nega a falar o número de vítimas

Procurada pelo BOM DIA desde segunda-feira, a Sodexo, que emite os cartões, não informou o número de vítimas e o valor fraudado em Bauru. Disse apenas que trabalha “para resolver o problema”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 127 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal