Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

22/12/2011 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

16 acusados de tráfico e lavagem de dinheiro são presos pela PC

Por: Aloísio Cândido


Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira 16 pessoas integrantes de quadrilha especializada no tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Denominada operação "Harpia", a ação foi realizada nas cidades de Uberaba, Araxá, Contagem, Sacramento e Ituiutaba, em Minas Gerais, e em Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo, onde foram cumpridos os mandados de prisão. O grupo movimentou cifras milionárias com a criação de empresas fantasmas que recorriam a empréstimos bancários para movimentar o tráfico. De acordo com a Polícia Civil, seus integrantes têm fortes ligações com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

No total, 210 policiais, entre delegados, escrivães e investigadores, trabalharam na operação desde o início de fevereiro, quando 25 quilos de pasta-base de cocaína, produtos para o refino e uma prensa foram apreendidos em Uberaba. Foi nesta ocasião que foi descoberto esquema de tráfico, concomitante com lavagem de dinheiro.

Foram identificados trinta autores que participavam efetivamente da organização criminosa em Uberaba e nas demais cidades onde ocorreu a operação Harpia. A quadrilha era comandada por Pedro Evaristo Nunes Neto de dentro da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem (MG), de onde coordenava a compra de pasta-base e distribuição de cocaína e crack para traficantes de Uberaba e região.

Concluídas as investigações, a Polícia Civil solicitou os respectivos mandados de busca e apreensão, de prisões preventivas, de impedimento de transferência dos bens imóveis identificados, bloqueio de contas bancárias, impedimento de transferências dos veículos, todos deferidos pelo juiz da 2ª Vara Criminal, Habib Felippe Jabour, após ouvir o representante do Ministério Público.

A operação consistiu no cumprimento de 16 mandados de prisão no Estado de Minas e um no Estado de São Paulo. Em Uberaba foram detidos Davi William de Oliveira Maricone, Edmo Antônio da Silva, Thiago Borges Rodrigues, Eduardo Fernando Maciel de Jesus, Antônio Marcos Ribeiro, Rogério Oliveira dos Santos, Rodrigo Fernandes Pereira e Ponciana de Souza Oliveira; em Ituiutaba foram presos Noelma Rutiene de Freitas, Daniela da Silva Gomes e Adilson Caetano de Moura (Bracinho); em Araxá, Thieres Gladino Mota; em Sacramento, de Ruanito de Paula Soares. Em Contagem foram cumpridos os mandados contra Pedro Evaristo Nunes Neto e Tunis Rogério Napolitano Zacarias, que na realidade compartilhavam o comando da quadrilha. Em Ribeirão Preto foi presa Evelin Cruz Lima, esposa de Pedro Evaristo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 420 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal