Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/09/2007 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Documento falso daria apoio a golpe


Policiais rodoviários federais prenderam o motorista Paulo César Rodrigues Júnior, de 25 anos, e seu cúmplice Osvaldo Luiz de Souza, de 38, que estavam com 18 cédulas de identidade e duas carteiras de trabalho falsas, além de formulários de comunicação de dispensa do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A principal suspeita dos policiais é de que a dupla pretendia praticar o golpe do seguro-desemprego numa cidade do interior, possivelmente em Rondonópolis. A prisão deles foi efetuada anteontem à tarde, durante uma abordagem de rotina no posto da Polícia Rodoviária Estadual da BR 364, na saída de Rondonópolis.

A documentação falsificada poderia ser utilizada para saques de seguro-desemprego e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS.

A desconfiança dos homens da polícia é de que os dois rapazes eles viajavam para Rondonópolis, onde iriam preencher os formulários e dar entrada no seguro-desemprego. Os dois, no entanto, nada falaram sobre a documentação.

Os policiais explicaram que, com documentos falsos, eles criariam firmas fantasmas e funcionários inexistentes, colocando o valor salarial que considerassem mais adequado na documentação exigida pelos órgãos que administram o seguro-desemprego.

Contudo, pelas investigações preliminares, os policiais ainda não souberam explicar se o golpe já havia sido aplicado ou não em outras cidades.

“O que sabemos é que são muitos documentos, todos falsos, prontos para a aplicação de golpes. E a Polícia já estava tentando localizar esses golpistas há algum tempo”, explicou um policial que participou da operação que prendeu os dois falsários. Todos os documentos de identidade são de outros Estados.

A apreensão da dupla e do grande número de documentos falsos ocorreu por acaso. Os policiais checaram o carro em busca de drogas acondicionadas na lataria do Celta, com placas de Sorriso, em que viajavam. Assim que verificaram o porta-luvas do veículo, os policiais depararam com a enorme coleção de documentos enrolada num plástico.

Até agora, no entanto, nenhum dos dois revelou a verdadeira intenção. Eles foram levados para a Polícia Federal (PF) e autuados em flagrante por uso de documentação falsa. Agentes plantonistas não souberam informar se Paulo e Osvaldo possuem antecedentes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 440 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal