Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/12/2011 - 24 Horas News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher de Gilmar Fabris será investigada por lavagem de dinheiro

Por: Luiz Acosta


O deputado Gilmar Fabris (PSD) vai ter dificuldades para explicar porque cinco cartas de crédito, justamente dos servidores que foram representados pelo advogado Ocimar Campos, seu concunhado, totalizando uma fortuna de R$ 48,764 milhões, emitidas pelo Governo do Estado foram repassadas entre os dias 28 e 30 de junho de 2010 para sua mulher, a jornalista Anglisey Volcov.

A polícia Civil vai investigar a jornalista para saber porque as cinco cartas, em valores unitários de: R$ 9,4 milhões; R$ 10,155 milhões; R$ 9,279; R$ 13,289 e R$ 6,591 milhões estão em seu nome, sendo que na última quarta-feira, em entrevista coletiva, Gilmar Fabris disse que os valores eram correspondentes aos 20% dos honorários advocatícios a que Ocimar Campos tinha direito, sem mencionar jamais que seriam esses valores de quase R$ 50 milhões.

Esses valores são considerados bastante expressivos pela Polícia Civil que trabalha coma possibilidade de crime de lavagem de dinheiro por meio das cartas de crédito. Isso porque, na entrevista, fabris disse que o imóvel comprado por sua esposa em Sertãozinho (SP) custou R$ 1,2 milhão, no entanto, matéria veiculada por uma emissora de televisão local mostrou que se trata de uma fazenda de luxo, cujo valor venal a preço de mercado está entre R$ 10 e R$ 15 milhões, uma dúzia de vezes a mais do que o declarado pelo parlamentar.

"Foi um dinheiro conseguido com suor e trabalho. Se é crime melhorar de vida, então, todos têm que ser presos, porque melhoraram muito", afirmou Gilmar Fabris na sua entrevista. Em seguida, disse que a compra do imóvel se tratava de “um negócio familiar” e, por isso, a propriedade foi transferida para o nome da sua esposa.

"Depois de adquirida, foi repassado para a minha esposa, em uma transferência familiar. Não está em nome de laranja. Estão fazendo estardalhaço, numa tentativa de me incriminar, mas tudo está devidamente registrado em cartório", completou Fabris para dezenas de repórteres.

Há suspeita de que de que os cálculos foram feitos por contadores contratados pelo advogado Ocimar de Campos. Depois, a planilha foi apresentada aos integrantes do Governo e homologada pela Secretaria de Fazenda, cujo titular era o atual secretário especial da Secopa, Éder Moraes, que encaminhou tudo para a SAD, comandada pelo ex-secretário Geraldo de Vitto, envolvido no escândalo do superfaturamento dos 705 equipamentos do programa “MT 100% Equipado”, que causou um rombo de R$ 44 milhões aos cofres públicos.

A Delegacia Fazendária acredita na existência de uma organização criminosa, abrigada na estrutura do Estado, e que agia com o intuito de lesar os cofres públicos e promover o enriquecimento ilícito de várias pessoas, entre elas, agentes do próprio governo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 153 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal