Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

20/12/2011 - Folha de São Paulo / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Produtos falsos marcam presença em compras natalinas na China


Novas imitações de produtos europeus de luxo, comestíveis e não comestíveis foram colocados à venda na China nas últimas semanas, seja nas prateleiras das lojas ou pela internet, para aproveitar o apelo comercial das festas natalinas.

Nas tendas gourmet do centro de Pequim, os consumidores podem encontrar até presuntos chineses, do "tipo ibérico" e no "mais puro estilo Parma", ambos com osso -o que não é permitido na importação dos espanhóis e dos italianos com a denominação de origem- e com a metade do preço dos verdadeiros.

O presunto é considerado um produto de luxo na sociedade chinesa e, por isso, é recebido como um presente magnífico nessas festas, já que são vendidos até mesmo junto com instruções de como cortá-los, prepará-los e consumi-los. Porém, a autenticidade do alimento não parece ter muita importância.

Outro produto falso que se prolifera durante o Natal na China são as bolsas e sacolas que imitam conhecidas marcas da moda europeia. "O importante é enviar um sinal que indique luxo. Se você dá de presente ou usa uma, as pessoas o tratam melhor", diz uma mulher de sobrenome Chen em declarações ao "Diário de Comércio de Chongqing".

"Às vezes, posso me encontrar com clientes muito exigentes e difíceis de tratar, mas, se levo uma bolsa de marca, eles me respeitam mais", acrescenta Chen, que trabalha numa agência de publicidade.

Em Yueyang, na província de Hunan, uma fábrica obteve sucesso ao fabricar cópias de sacolas de marcas famosas, como Dior, Chanel, Gucci e Hermès, entre outras, as quais são vendidas com pequenas variações de preço entre elas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 138 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal