Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

15/12/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso 5º suspeito de integrar fraude de R$ 488 milhões em títulos em MT

Por: Ericksen Vital

Operação Cartas Marcadas foi desencadeada em MT e em São Paulo. Levantamento do governo comprovou missão irregular de cartas de créditos.

O quinto suspeito de envolvimento no esquema de cartas de créditos irregulares em Mato Grosso se apresentou nesta quinta-feira (15) à Polícia Civil. A Delegacia Fazendária em Cuiabá pediu à Justiça a prisão de seis homens e um continua foragido. O responsável pela Operação Cartas Marcadas, delegado Lindomar Tofolli, disse que começou a ouvir os suspeitos e que a investigação entrou na segunda fase, que é a de análise dos documentos recolhidos durante o cumprimento dos 14 mandados de busca e apreensão.

“Agora vamos proceder a abertura de toda a documentação apreendida e analisar os documentos que devem embasar a nossa linha de investigação”, disse ao G1. Ele afirmou que a investigação fazendária apura eventuais crimes contra a administração pública, estelionato, fraude processual, peculato, corrupção e formação de quadrilha. Tofolli adiantou, porém, que a investigação poderá apurar, em outro momento, um eventual crime de lavagem de dinheiro e o envolvimento de outros possíveis suspeitos.

Até o momento, cinco homens estão presos preventivamente. Estão na cadeia um contador, um funcionário do governo estadual, dois advogados e um funcionário do Sindicato dos Agentes de Administração Fazendária que se entregou nesta quinta. Eles todos devem ficar inicialmente detidos por cinco dias. A defesa do sexto envolvido, que está em liberdade, disse ao delegado que irá se apresentar na próxima sexta-feira (16).

O caso

A investigação da Delegacia Fazendária apontou que foram emitidos pelo governo do estado ao menos R$ 488 milhões em cartas de créditos supostamente irregulares. A Operação Cartas Marcadas foi desencadeada na quarta-feira (14) em quatro cidades de Mato Grosso e em São Paulo. Quatro mandados foram cumpridos em Cuiabá e um em Ribeirão Preto. Além disso, um dos 14 mandados de busca foi cumprido na residência do deputados estadual Gilmar Fabris (PSD), na capital. A defesa dele disse que a medida não foi legal porque no inquérito não consta as ações supostamente cometidas pelo parlamentar.

A pedido do governador Silval Barbosa (PMDB), a Auditoria Geral do Estado fez um levantamento que revelou a existência de acordos extrajudiciais supostamente irregulares. Desde então, as cartas de créditos envolvidas foram momentaneamente suspensas.

O delegado Lindomar Toffoli explicou ainda que o governo deveria pagar R$ 380 milhões em documentos oficiais a 290 funcionários da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz), em um processo que corria há 16 anos. Mas a partir de um acordo extrajudicial, os funcionários aceitaram receber R$ 142 milhões em cartas de créditos. No entanto, foram emitidos pelo governo do estado R$ 630 milhões entre 2008 e 2010, o que gerou, segundo o delegado, uma diferença de R$ 488 milhões em relação ao valor que deveria ser inicialmente destinado.

Depoimentos

A delegada Luzia de Fátima Machado adiantou que serão intimados para depor na Delegacia Fazendária, o ex-secretário de Fazenda e atual secretário extraordinário da Copa, Eder Moraes, bem como o atual secretário da Sefaz, Edimilson dos Santos, e o ex-procurador-geral João Virgílio do Nascimento Sobrinho. “Eles deverão prestar informações sobre os atos tomados na época dos fatos”, comentou. Outro que deve prestar depoimento será o deputado Gilmar Fabris.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 121 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal