Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

18/12/2011 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Caixa diz que houve erro em seu sistema e investiga o caso

Corretora que vendeu os títulos no mercado atribui ao banco estatal os problemas com os papéis que negociou.

A Gestora de Recebíveis Tetto, que comercializou créditos imobiliários de baixo ou nenhum valor no mercado, atribuiu os problemas dos papéis à Caixa Econômica Federal. A empresa disse que obedece "às autoridades envolvidas, inclusive a Caixa e suas informações".

E complementa: "Se houvesse erro, não seríamos capazes de emitir os créditos. E nós não acreditamos que uma instituição idônea como a Caixa tenha cometido erros ao fornecer uma informação que nos levasse a esse tipo de situação".

A Caixa informou, por meio de sua assessoria, que instaurou sindicância para apurar o que chama de erro provocado pela empresa que presta serviços de informática. Também iniciou processo interno para punir os eventuais responsáveis.

O banco entende que os vendedores sabiam que os créditos eram problemáticos.

A instituição financeira disse que, pela legislação, "não vende nem participa" das negociações de contratos imobiliários e que a Tetto "comercializou diversos créditos por meio de instrumentos particulares, dos quais a Caixa não participa".

O Postalis, fundo de pensão dos funcionários dos Correios, defendeu os investimentos feitos e afirma que estuda entrar com ação judicial contra a Caixa para "preservar o patrimônio dos seus participantes".

O fundo afirma que tinha conhecimento do processo da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) contra a corretora carioca Tetto antes da compra, mas informa que ele "não tem vinculação com o atual problema".

De acordo com nota da instituição, seu presidente Alexej Predtechesnky "se tornou presidente do Postalis por indicação técnica da bancada do PMDB no Senado Federal". Predtechesnky foi sócio do filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA).

O ministro de Assuntos Estratégicos, Moreira Franco (PMDB), responsável pela área da Caixa na qual houve o apagão no sistema, disse que só soube do problema depois que saiu do banco.

"Meu cargo era de natureza decisória, e este problema não teria chegado a mim", disse Moreira Franco.

No processo, a Caixa também responsabiliza a corretora ASM, mas a Justiça considerou os indícios insuficientes. A ASM informou que pretende colaborar com a Caixa em suas apurações.

O BRB, um dos compradores dos títulos de baixo ou nenhum valor, informou que abriu um processo administrativo para investigar as compras de títulos. Santander, Bradesco e o fundo de investimento Aymoré não responderam.

O BNY Mellon informou que é administrador dos fundos que adquiriram os papéis da Tetto e, nessa posição, não é responsável por decidir quais investimentos são feitos. Esse papel, disse, cabe aos gestores do fundo.

A Vision, outra empresa apontada pela Caixa, informou que administra lotes que não tiveram problemas.

O Real Grandeza, apontado pela Caixa como comprador, afirmou que não adquiriu papéis com problemas e que fez um investimento num fundo da ASM em 2006 e os mantêm em sua carteira.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 345 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal