Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/09/2007 - Jornal A Semana Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Arapuca da ICE rendeu $161 mil dólares


Quando brasileiro Wirlei G. Dias ficou sabendo que um agente da imigração estaria vendendo documentos verdadeiros, green card’s por $9 mil e permissão para trabalhar por $4 mil dólares, ele não pensou duas vezes e passou a ter diversos encontros com o tal agente para obter a documentação desejada. A negociação teve inicio em Julho de 2006 e resultou na prisão de 27 brasileiros em agosto deste ano, todo o processo foi uma armação da agencia federal de imigração para criar condições para incriminar imigrantes criando um desencentivo para que estes não tentem obter documentos de modo fraudulentos.
Wirlei esta nos Estado Unidos desde 1997 e trabalhava numa companhia de pintura em dezembro do ano passado ele conseguiu receber o do agente uma autorização e trabalho, o documento foi obtido ilegalmente.
O processo contra Wirlei e outros imigrantes brasileiros, foi apresentado à corte federal de Boston na segunda-feira e as sentenças serão anunciadas a partir de 10 de outubro deste ano. A promotoria tem a seu favor vídeos que mostra os brasileiros comprando documentos
Na audiência de segunda-feira, Wirlei estava ao lado de seus irmãos, Walace e Creone Dias. Outros brasileiros Fabio Santonione Almeida, Marcos Rodrigues Da Silva, Welton Ribeiro Damaceno e Fabricio Dutra Lopes, residentes em Framingham, Brighton, Everett e Coral Gables, na Florida, todos os sete acusados de obter documentos legítimos usando fraude admitiram a culpa tentando um acordo com os promotores para assim obterem a deportação o mais breve possível.
Para Fausto Rocha, diretor executivo do Centro do Imigrante Brasileiro, a tática de adotada pelas autoridades em induzir pessoas a cometerem crimes para depois dete-las é condenável. “A Ice tem criado situações para que imigrantes violem as leis induzindo estas pessoas a comprarem documentos”, diz. “A prisão dos brasileiros foi feita em Chelsea porque a cidade é tolerante com os imigrantes ao fazer a operação naquele lugar, os agentes quiseram dar um recado claro aos imigrantes”.
Grana – O total de dinheiro arrecadado com a arapuca armada pela ICE foi de $161 mil dólares e engordará os recursos do órgão federal para combater a imigração ilegal.
O bode expiatório – Apesar do que os imigrantes estão percebendo, os oficiais da imigração afirmam que não estão promovendo ações especialmente direcionadas contra a comunidade brasileira de Massachusetts e especialmente Framingham, para Bruce Foucart, agente especial da ICE em Boston, a cidade de Framingham é o ponto com maior demanda de documentos fraudulentos. “Muitas organizações estão envolvidas na manufatura e obtenção de documentos nesta região”, disse Foucart que aponta a cidade como residência de muitos moradores ávidos em obterem documentos de forma fraudulenta. “A fraude de documentos é endemia localizada e cresce primacialmente entre imigrante indocumentados”. Framingham possui mais de 20 mil pessoas que nasceram fora dos país, a maioria delas são imigrantes brasileiros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 485 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal