Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

02/12/2011 - DireitoCE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bradesco é condenado a indenizar professor que teve o nome negativado indevidamente


O Banco Bradesco e a Bradesco Administradora de Cartões de Crédito devem indenizar em R$ 5 mil o professor universitário B.M.A., que teve o nome inscrito indevidamente em órgãos de proteção ao crédito.

A decisão foi do juiz José Edmilson de Oliveira, da 5ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua.

Consta na ação (nº 103254-66.2008.8.06.0001/0) que ele tentou comprar um carro, mas a transação foi negada porque o professor estava com o nome no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no Serasa.

A inclusão foi realizada pelas duas empresas, por conta de compras feitas em São Paulo e Minas Gerais, no valor de R$ 5.979,00.

Além de registrar boletim de ocorrência, ele entrou em contato com o banco para informar sobre o erro, mas nenhum procedimento foi adotado.

Alegando ter sofrido constrangimentos, entrou com ação na Justiça requerendo indenização moral.

Na contestação, o Bradesco afirmou não ter agido de má-fé e que foi tão vítima quanto o professor.

Na decisão, o magistrado considerou ter sido comprovado que B.M.A. não possuía qualquer contrato com as referidas instituições.

“Assim, é entendimento pacificado que a mera inclusão no rol dos maus pagadores, inexistindo débito, gera o dever de indenizar”. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico da última 4a.feira (30/11).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 141 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal