Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

03/12/2011 - Jornale Curitiba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia identifica suspeitos de estelionato na internet

Casal deu golpes em vários Estados usando site de compras.

A equipe do Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber) concluiu as apurações de 14 inquéritos, referentes a supostos golpes a consumidores em sites de compras na internet. O casal Donaldson Rassolim Filho e Mirian Furquim Lopes é considerado suspeito de estelionato. Eles foram identificados como titulares dos domínios virtuais www.momorycardusa.com.br, www.rassolimshop.com.br e www.rashop.com.br, que, segundo a polícia, teria lesado consumidores que teriam comprado produtos mas não receberam a mercadoria.

Rassolim Filho e Mirian foram ouvidos pela polícia e assumiram a responsabilidade sobre as negociações que podem ter lesado os consumidores. De acordo com a polícia, nas páginas denunciadas eram oferecidos diversos produtos eletrônicos a preços em média 30% mais baixos do praticado no mercado. Estimulados pelas ofertas e pelo atendimento via call center, os consumidores, alguns de São Paulo, Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Santa Catarina, e Rio Grande do Sul, tentaram comprar os produtos, depositando antecipadamente os valores ou pagando através de cartão de crédito.

No entanto, segundo a polícia, mesmo tendo feito o pagamento, os consumidores não receberam os produtos e também não teriam sido ressarcidos, além de não conseguir mais contatos com os responsáveis pelos sites.

Segundo o delegado-titular do Nuciber, Demetrius Gonzaga de Oliveira, as investigações, que duraram cerca de dois anos, revelaram também a existência de centenas de denúncias espalhadas por todo o País em desfavor dos responsáveis pelos sites.

O delegado chama a atenção para alguns cuidados que podem evitar “dores de cabeça” para quem pretende fazer negócios pela internet, principalmente no período que antecede as festas de final de ano, quando as ofertas on-line tendem a ser mais tentadoras. “Sempre que o consumidor fazer transações, orientamos que ele monte um dossiê do negócio e imprima as fichas cadastrais, os e-mails de confirmação de compra e anote os números de telefone”, diz.

Demetrius explica que é preciso manter tudo arquivado em uma pasta até que o consumidor receba o produto no final da transação. “No caso de o consumidor for lesado, os materiais permitem que o Núcleo possa agir mais rapidamente e com maior eficácia”, afirma.

O delegado ressalta ainda que nem sempre o melhor preço é o melhor negócio. Por isso, ele orienta para que as pessoas procurem por empresas idôneas e tradicionais. “Outra maneira de evitar negócios mal sucedidos é prestigiar o comércio local e não se deixar levar pelos preços sedutores da internet”, conclui.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 234 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal