Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

03/12/2011 - Capital News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bares e restaurantes de área nobre são flagrados furtando energia na Capital e em Dourados

Por: Valdelice Bonifácio


Em quatro estabelecimentos comerciais, sendo três da área nobre da Capital e um de Dourados, a Polícia Civil flagrou furto de energia elétrica, segundo nota divulgada pela Empresa Energética de Mato Grosso do Sul (Enersul).

Conforme a concessionária, a perícia constatou, nos padrões de energia elétrica, alterações que mascaravam a medição do consumo, nos seguintes estabelecimentos da Capital Café Mostarda, restaurante Sabor & Prosa e Cantina Mato Grosso. Em Dourados, a fraude foi descoberta no restaurante Bruno's Grill.

Os casos foram descobertos entre segunda e sexta-feiras desta semana, de acordo com a Enersul. Agora, os estabelecimentos entram para uma lista de controle permanente da empresa, por terem apresentado irregularidades.

Sem furtos energia seria 6% mais barata

A concessionária informa que o furto de energia elétrica representa prejuízos de R$ 110 milhões a R$ 112 milhões por ano à empresa que atende 73 municípios no Estado.

O valor equivale ao abastecimento de energia de Dourados, segundo maior cidade de Mato Grosso do Sul, por um ano inteiro.

Conforme a empresa, não fosse este prejuízo com os furtos, a tarifa de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, seria entre 5% e 6% mais barata.

Só este ano, o setor de combate ao furto e recuperação de energia da concessionária já registrou 29.952 unidades consumidoras com algum tipo de irregularidade que adulterava a medição do consumo de energia.

Este número demonstra que a cada cinco unidades vistoriadas, pelo menos uma apresentou esse tipo de problema. O combate ao furto é uma obrigação regulatória das concessionárias em todo o País.

Consumo mascarado

No Café Mostarda, nos altos da avenida Afonso Pena, os peritos, acompanhados pela equipe de fiscalização técnica da Enersul, identificaram uma adulteração que impedia, no período de maior consumo, o relógio marcar a energia utilizada.

No restaurante Sabor & Prosa, que fica na avenida Ricardo Brandão, foi encontrada uma ligação clandestina para desviar do medidor toda a energia consumida.

Na Cantina Mato Grosso, próximo ao Parque dos Poderes, os peritos criminais descobriram, no padrão de energia, uma fraude que só deixava o relógio medir pouco mais de 60% de todo o consumo que o estabelecimento necessita para funcionar.

Além dessa ocorrência, a Cantina Mato Grosso tem num passado recente outro registro pela mesma irregularidade. Em julho de 2006, na instalação de energia do estabelecimento foi encontrado o mesmo problema.

Em Dourados, a Polícia Civil registou no restaurante Bruno's Grill uma fraude no padrão de energia que mascarava o registro de um terço do consumo. Essa é a segunda vez, neste ano, que a fiscalização descobre fraude na ligação de energia desse restaurante localizado na avenida Weimar Torres, área nobre da cidade.

Quatro anos de prisão

O furto de energia é crime previsto em Lei, com pena de até 4 anos de prisão. “Essa infração traz prejuízos para toda a sociedade, uma vez que impacta no valor da tarifa, prejudica a arrecadação de tributos fundamentais para investimentos sociais”, diz a empresa.

Além disso, conforme a Enersul, gera risco de incêndio nos lugares em que o sistema de ligação é fraudado, contrariando os padrões técnicos e as normas de segurança.

Outro lado

A reportagem do Capital News telefonou, na manhã deste sábado, para todos os estabelecimentos comerciais mencionados na nota da Enersul.

Em apenas um deles, na Cantina Mato Grosso, o telefone foi atendido. A gerente do estabelecimento Lucimar dos Santos informou que a empresa “está tranquila”.

Segundo ela, jamais houve furto de energia ou irregularidades no padrão da Cantina Mato Grosso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 277 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal