Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

28/11/2011 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Rio: desarticulada quadrilha de falsos sequestros por telefone


A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu nesta segunda-feira cinco suspeitos de pertencer a uma quadrilha que extorquia e ameaçava pessoas por telefone. Segundo a corporação, o grupo atuava dentro de presídios na aplicação de trotes e exigia cerca de R$ 20 mil às vítimas. O crime era cometido em 22 cidades de dez Estados.

De acordo com o delegado-assistente da 13ª DP (Ipanema), Carlos Abreu, as investigações começaram há cerca de quatro meses em função de uma denúncia. Segundo ele, durante 15 dias os policiais acompanharam, por escutas telefônicas, 977 ligações, sendo que 500 telefonemas foram de vítimas do golpe. Além de exigir dinheiro, os suspeitos ameaçavam as vítimas de morte. "São as pessoas internas que ficam fazendo essas ligações a cobrar para as pessoas, extorquindo. Falam de uma forma bem ameaçadora, dizendo que vão dar tiro na espinha e a vítima, de forma atormentada, acaba cedendo aos depósitos", disse.

Abreu orientou que as vítimas do golpe procurarem a polícia caso recebam uma ligação suspeita, seja na situação de falso sequestro ou de um prêmio. "Antes de ceder a qualquer tipo de telefonema suspeito, (a vítima) não (deve) ceder e fazer qualquer depósito antes de procurar a polícia". Segundo o delegado, 20 pessoas foram indiciadas, sendo 15 denunciadas pelo Ministério Público. Ele disse ainda que foram feitos bloqueios de contas bancárias a partir de representação judicial e outros mandados podem ser expedidos ao longo da semana.

Motorista inventou nome de filha para descobrir se era golpe

Pai de uma filha adolescente, o motorista Rogério da Silva Alves, 42 anos, foi vítima recente do golpe ao receber uma ligação a cobrar. Segundo ele, havia uma voz feminina e outra masculina no fundo, com um tom ameaçador. Ao perceber que se tratava de um trote, usou um nome falso para despistar o suposto sequestrador.

"A primeira coisa que me veio à cabeça ao ouvir aquela voz de mulher me chamando, foi de inventar um nome fictício para essa mulher. Inventei e chamei de Maria e a pessoa confirmou. Eu simplesmente mandei ele procurar uma outra coisa para fazer, porque eu não tinha nenhuma filha com o nome de Maria".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 115 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal