Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

15/11/2011 - Diário de Leiria Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ministério Público pede prisão por falsificação de documentos para alegado burlão


Homem, acusado de ter burlado os Laboratórios Beatriz Godinho em 2,1 milhões de euros, poderá ser condenado apenas por falsificação de documentos e a ex-mulher, também arguida, absolvida. Grupo empresarial apresentou requerimento dizendo ter sido ressarcido dos prejuízos causados


O Ministério Público (MP) pediu a condenação de um homem por falsificação de documentos, num julgamento que começou a responder por burla qualificada de 2,1 milhões de euros, de que foi vítima, em 2008, o grupo empresarial Beatriz Godinho.
Nas alegações finais que decorreram durante a manhã de ontem no Tribunal de Leiria, o magistrado do MP, Carlos Andrade, pediu a condenação do indivíduo apenas por falsificação de documentos, na sequência de um requerimento apresentado ao colectivo pelo advogado do assistente (Laboratórios Beatriz Godinho), alegando que a empresa “foi ressarcida dos prejuízos” causados pelos arguidos. “Em função desse requerimento, é extinta a responsabilidade criminal pelo crime de burla qualificada, razão pela qual os arguidos não podem ser condenados por esse crime”, afirma o magistrado do MP.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 398 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal