Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/09/2007 - Alagoas 24 Horas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário é preso acusado de aplicar golpes em hotéis de luxo de Maceió

Por: Ricardo Alexandre


Estênio Vanderley Caldas, 35, foi preso no início da noite, acusado de aplicar golpes contra hotéis e locadora de automóveis em Maceió. Com o acusado a polícia encontrou documentos falsos.

Em julho deste ano, Estênio usou o nome de Eraldo Chagas e se hospedou no Hotel Ritz, em Maceió, onde ficou uma semana. Após um dia “sumido”, os funcionários do hotel descobriram que o ‘hospede’ havia indo embora deixando um prejuízo de R$ 2.800. A segurança do hotel repassou essas informações para os outros hotéis da capital, inclusive com as fotos do acusado, que foram captadas pelo circuito interno de TV.

Após uma temporada fora do circuito hoteleiro alagoano Estênio Vanderley retorna e hospeda-se no Maceió Atlantic Suíte (antigo Meliá), onde estava hospedado desde a última sexta-feira. A segurança do hotel percebeu, através das fotos e do mesmo nome que foi usado no golpe do Ritz Hotel, que se tratava da mesma pessoa.

No início da tarde de hoje, o gerente de uma locadora de carros de Maceió foi até o hotel Maceió Atlantic para informar ao ‘hospede’ de que o cheque com o qual ele havia pago as diárias de um carro utilizado, estava com ‘problemas’. “Nesse momento tivemos a certeza de que se tratava do mesmo golpista, foi quando acionamos a polícia e ou trouxemos aqui para a delegacia”, explicou o chefe de segurança do hotel.

Na Delegacia de Plantão 3, para onde foi levado, por uma equipe do Batalhão de Polícia de Rádio Patrulha (BPRP), Estênio Vanderley foi reconhecido pelos funcionários do Ritz Hotel, onde teria aplicado um golpe a cerca de dois meses atrás.

Os agentes que estavam de plantão verificaram que o golpista já havia aplicado o mesmo golpe em mais três estados da federação: Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco, onde mora atualmente. No momento da prisão ele estava acompanhado de sua namorada, Maurícia Guimarães Cursino, 26, que segundo os funcionários do hotel, teria dado o nome de Wanessa.

Estênio Vanderley foi autuado em flagrante pela polícia e deverá ser conduzido para a Delegacia do 2º Distrito Policial, onde ficará a disposição da Justiça. Dos R$ 900 que o acusado havia consumido no hotel, ele conseguiu pagar apenas R$ 300, o restante a namorada do acusado se comprometeu em pagar.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 468 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal