Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

18/11/2011 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso suspeito de clonar cartões magnéticos


A Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prendeu um integrante de uma quadrilha que clonava cartões de bancos.

Waldiney Alves Cavalcante, 32 anos, foi o primeiro a ser preso na “Operação Flash” que é responsável por reprimir a instalação de petrechos de clonagem eletro-magnéticas em centros bancários, conhecidos como “chupa-cabra”.

De acordo com a delegada de Crimes Tecnológicos, Beatriz Silveira, que está responsável pelo caso, disse que Waldiney e seus comparsas agiam instalando em caixas eletrônicos de bancos da capital um sistema que captava todas as informações que constavam nos cartões dos clientes e clonava.

“Eles roubavam as informações e senhas e depois transferiam e sacavam todo o dinheiro que podiam”, explicou.

Waldiney, que é do Ceará, foi pego no bairro do Comércio no centro de Belém em uma rua próxima ao kit net que havia alugado com mais dois comparsas, também integrantes da quadrilha.

Os outros dois suspeitos, que também são do Nordeste, estavam com ele no momento da prisão, mas conseguiram fugir.

APREENSÃO

No local foi encontrado um notebook, uma frente de caixa eletrônico, duas entradas de cartão e mais de cem cartões que eram usados para a clonagem.

Conforme a Policia Civil, todo mês a quadrilha vinha para Belém estudar e mapear os principais bancos que tivessem menos movimento para agir com mais calma.

“Eles já tinham uma agilidade muito grande e por isso conseguiam passar praticamente despercebidos. Colocavam o ‘chupa-cabra’ de manhã e tiravam à noite”, comentou Beatriz. O prejuízo de todos os bancos ainda não pode ser contabilizado.

O acusado será autuado em flagrante por formação de quadrilha e estelionato. Só este ano, a Policia Civil já fez três prisões de casos parecidos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 149 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal