Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/11/2011 - A Tribuna - Rio Branco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dupla é presa por estelionato na Alfândega em Santos

Por: Eduardo Velozo Fuccia


Eletroeletrônicos e outras mercadorias valiosas, que na realidade não existiam, eram oferecidas para empresários e comerciantes de diversas cidades.

Interessados pelos preços abaixo do mercado dos produtos, eles vinham ao Porto de Santos para fechar o suposto bom negócio. Porém, somente após o pagamento é que descobriam que foram vítimas de estelionato.

Apontados como autores de pelo menos seis golpes do gênero, Adilson Parisi, de 53 anos, e Amado Pedro, de 70, foram detidos nesta quarta-feira por policiais da Delegacia do Porto de Santos. Eles estavam em frente à Alfândega, onde haviam combinado se encontrar com mais uma vítima, do Estado de Goiás.

Porém, no lugar da mais recente pessoa a ser ludibriada estava a equipe do delegado Ricardo Barbante Trentini e do investigador Ednilson Mattos. O comerciante de Goiás desconfiou a tempo que seria enganado e acionou a Polícia Civil.

Os policiais logo reconheceram os acusados e os detiveram com documentos que utilizariam no golpe, tais como recibos confeccionados indevidamente com os dados da empresa Kinsberg Comércio, Importação e Exportação, com sede em São Paulo.

Segundo o delegado, o mesmo tipo de papelada foi utilizado para aplicar outros cinco estelionatos, cujas vítimas são de Guarulhos, Itatiba (SP), Mauá (SP) e da Capital. Todos os lesados foram contatados pelos vigaristas por meio de telefonemas e e-mails, nos quais eram oferecidas “mercadorias apreendidas pela Alfândega e que não foram a leilão”.

Adilson e Amado foram indiciados em seis inquéritos policiais e liberados. Porém, as investigações prosseguem com o objetivo de apurar o envolvimento deles em outros golpes.

Ambos possuem diversas passagens criminais por várias modalidades de delitos. As principais são estelionato, roubo, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 607 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal