Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

15/11/2011 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

R$ 360 mil em cédulas falsas circularam no Ceará neste ano

Por: Armando De Oliveira Lima

As novas cédulas de R$ 50 têm sido as que mais aparecem com sinais de falsificação, de acordo com o BC.

Dados atualizados em outubro de 2011 pelo Banco Central (BC) revelam que o número de cédulas falsas apreendidas pela instituição nos dez primeiros meses do ano só no Ceará contabilizou 8.168. No montante, que somou R$ 360.397, estiveram tanto as notas de modelo antigo quanto as novas, o que fez com que o Estado figurasse entre as dez unidades da Federação nas quais circulou a maior quantidade de dinheiro falso.

Para o BC, o volume não chega a representar uma ameaça, pois, de acordo com levantamento da instituição, o volume de cédulas falsificadas vem diminuindo desde de 2008.

Ao todo, 273.659 exemplares de notas de R$ 1 até R$ 100 foram recolhidas pelo BC nos 27 estados brasileiros em 2011, contabilizando R$ 15.620.251. Durante o ano passado, o BC somou 420.583 notas falsas colhidas em todo País.

3º do Nordeste

Entre os estados, São Paulo encabeçou a lista com 144.662 cédulas de "mentira", seguida por Minas Gerais (36.032) e Rio de Janeiro (20.825). Entre os nordestinos, o Ceará esteve em terceiro, abaixo de Pernambuco (sexto do ranking nacional com 13.145 cédulas recolhidas) e Bahia (nono, com 10.910 unidades falsas). Recém lançadas pela União, as novas cédulas de R$ 50 - aquelas maiores - foram, até agora, as mais encontradas com os falsários cearenses. Ao todo, o BC apreendeu 2.999 unidades delas até 31 de outubro, o que contabilizou um montante de R$ 149.950 - quase metade do valor de todas as outras cédulas recolhidas no Estado.

As segundas mais copiadas, com 1.567 exemplares, foram as antigas notas de R$ 10 - não as de plástico. Em seguida, mantendo a média acima de mil unidades, também estiveram as de R$ 20 (1.296) e as de R$ 50 (1113) - as antigas, da chamada primeira família de notas.

Também do novo modelo lançado pelo BC este ano, o número das novas notas de R$ 100 falsas superou o número do modelo antigo no Ceará. Foram 911 exemplares para a primeira e 218 para a segunda.

O restante, de R$ 2, R$ 5 e as de R$ 10 (de plástico) contabilizaram 11, 49 e 4 exemplares de cada, respectivamente. Nenhuma nota de R$ 1 - que já não é mais produzida - foi encontrada. Para prevenir a população em relação as cédulas falsas, o Banco Central mantém na sua página na internet (www.bcb.gov.br) dicas de como reconhecer as cédulas verdadeiras a partir dos mecanismos de segurança implantados em cada exemplar durante a confecção do dinheiro. Há, inclusive, um hotsite (www.notasnovas.bcb.gov.br) exclusivo para a chamada segunda família do real, onde o internauta pode conferir as peculiaridades das novas notas.

Segurança

Segundo o BC, os cuidados com itens de segurança - aplicados sobre os novos modelos - são os destaques da instituição para evitar golpes sobre o cidadão.

Para as pessoas que tiverem sob o seu poder uma nota suspeita de falsificação, devem encaminhar à instituição bancária de sua preferência para que a cédula seja encaminhada ao BC.

Em caso de comprovada a falsificação, a nota será encaminhada ao banco de dados do BC, o qual é utilizado pela Polícia Federal para investigações. Se a nota for verdadeira, o banco garante a devolução do valor ao proprietário que encaminhou o dinheiro.

Notas

8.168 foi o número de cédulas falsificadas que o Banco Central detectou no Estado em dez meses

MAIS INFORMAÇÕES
Na Página na internet do Banco Central (http://www.bcb.gov.br) ou no hotsite exclusivo sobre as novas notas de real (http://www.novasnotas.bcb.gov.br).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 188 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal