Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

15/11/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Universitários de Goiânia são suspeitos de fraudar vestibular no PA

Jovens receberiam entre R$ 10 mil e R$ 15 mil para participar do esquema. Um dos falsários é estudante de medicina e já passou em sete vestibulares.

Três universitários de Goiânia foram presos em Belém (PA) por suspeita de participarem de esquema de fraude no vestibular do Centro Universitário do Estado do Pará (Cesupa), no domingo (13). Entre os goianos estão duas jovens de 23 e 20 anos, e um rapaz de 20 anos. Segundo a polícia, o rapaz de 20 anos seria estudante de medicina e já passou em vestibulares de sete instituições brasileiras.

Os suspeitos usavam documentos falsos e ficaram hospedados em um hotel, em Belém. Um homem de 35 anos também foi preso no mesmo hotel, ele é suspeito de dar todo o apoio logístico ao grupo.

Para participar do esquema, os alunos que iriam fazer as provas no lugar dos candidatos ao curso de Medicina, seriam recompensados com quantias em que variavam entre R$ 10 mil e R$ 15 mil. Ao todo, cada aprovação no vestibular custaria R$ 30 mil, sendo metade ao contratado e a outra metade ao líder do grupo. O pagamento dos valores seria feito pelos próprios candidatos após a aprovação no vestibular.

Em Belém, um homem de 35 anos prestou apoio aos falsos vestibulandos no pagamento de diárias de hospedagem em um hotel, no centro da cidade, e no transporte dos estudantes, além de acompanhar pessoalmente o certame do vestibular. Ele também foi o responsável pela falsificação dos documentos usados pelos estudantes. Uma máquina de imprimir documentos de identidade foi apreendida com ele.

Os outros alunos envolvidos no caso são três moças de 18, 19 e 22 anos e um rapaz de 23 anos. Os suspeitos foram enquadrados por falsidade ideológica, formação de quadrilha, falsificação e uso de documentos públicos falsos, e falsa identidade.

Um porta-voz do Cesupa garantiu que o processo seletivo da universidade não será anulado, pois não houve qualquer fraude nas provas, bem como os falsos candidatos foram identificados antes de começar a responder as questões.

Denúncia anônima

A direção do Centro Universitário do Pará (Cesupa) recebeu um e-mail na última quinta-feira (10) que denunciava um esquema envolvendo alunos de várias universidades do país. De acordo com a Polícia Civil, uma quadrilha de alunos do curso de medicina foi contratada por seis alunos vestibulandos do Pará para fazerem a prova do processo seletivo do Centro Universitário do Estado do Pará (Cesupa). Eles foram presos em quatro locais de prova diferentes por 20 policiais civis disfarçados de fiscais.

Os policiais ficaram acompanhando os passos dos falsários desde a chegada deles à capital do Pará até o momento das provas. Todos usaram carteiras de identidade com suas fotos, porém com os nomes dos contratantes. As prisões dos acusados foram efetuadas logo após eles terminarem as provas, assinaram a folha de frequência em sala e o cartão de resposta.

Três dos suspeitos são alunos da Universidade Federal de Goiás (UFG), um deles é estudante da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), duas são naturais do Tocantins. As mulheres estão presas no Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), da Polícia Militar, enquanto os homens foram levados ao Presídio Coronel Anastácio Neves, em Americano.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 253 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal