Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

11/11/2011 - A Crítica (Manaus) / Agência Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PM prende 2 com documentos falsos e remédios em MG

Segundo a PM, não havia nota fiscal dos produtos. Os suspeitos foram levados para a Delegacia Seccional Sul e deverão ser indiciados pelos crimes de estelionato e receptação de produtos roubados.

Dois homens foram presos na madrugada de hoje, em Belo Horizonte, com grande quantidade de remédios, suplementos alimentares e documentos pessoais, entre eles algumas carteiras de estudantes com os nomes dos jogadores do Santos e da Seleção Brasileira, Neymar e Paulo Henrique Ganso.

Segundo a Polícia Militar (PM), por volta da 1 hora, policiais em patrulhamento na Rua Gentil, no Conjunto Santa Maria, zona oeste de Belo Horizonte, viram um homem dentro de um Gol, tentando se esconder ao avistar os PMs.

Ao revistarem o veículo, encontraram suplementos alimentares, remédios, bebidas, atestados médicos em branco do Hospital BH Mater e várias fichas de carteiras de estudantes carimbadas em nome da Escola Municipal Mario Werneck, algumas em nome dos jogadores Neymar e Ganso.

Ao se defender, dizendo que o carro não era seu, Bruno Josefino Calado de Leonel, de 33 anos, levou os policiais até a casa de Julio Cesar dos Santos, de 29 anos. No local foram encontrados mais suplementos alimentares, remédios com adesivos das drogarias Araújo e Raia e documentos usados para licenciamento de veículos e obtenção de CPF. Segundo a PM, não havia nota fiscal dos produtos. Os suspeitos foram levados para a Delegacia Seccional Sul e deverão ser indiciados pelos crimes de estelionato e receptação de produtos roubados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 233 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal