Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

09/11/2011 - V News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia investiga venda de falsos atestados médicos em São José

Todos atestados eram do Hospital Municipal e tinham a assinatura do mesmo médico.

Em um só mês uma empresa de telemarketing de São José dos Campos recebeu 20 atestados médicos falsos. Causou desconfiança o fato de todos serem do Hospital Municipal e terem a assinatura do mesmo médico.

A empresa procurou a direção do Hospital Municipal para confirmar se os atestados eram verdadeiros e ficou comprovado que os nomes dos funcionários não estavam nos registros de pacientes atendidos. O médico que assina os atestados não trabalha na Rede Pública.

O hospital registrou boletim de ocorrência. O delegado que investiga o caso está ouvindo os funcionários e disse que eles confirmaram a compra dos atestados. “Aquele que está fazendo esse atestado falso incide no crime de falsidade ideológica e a pena pode chegar a até cinco anos. Nós já estamos em vias de apurarmos e identificarmos o autor”.

A Secretaria de Saúde disse que, possivelmente, os talões foram furtados e que estuda meios para restringir o acesso a eles. “Infelizmente é um documento fácil de ser copiado, uma gráfica, um computador você consegue fazer. Nós estamos pensando em mecanismos mais restritivos do uso e a a partir daí fazer com que esse documento seja utilizado apenas por quem tem direito mesmo”.

Esse não é primeiro caso de roubo de talões em unidades de saúde da prefeitura. Em setembro o Vanguarda TV mostrou um esquema de venda de atestados médicos falsos em Jacareí. O vendedor usava documento com timbre da prefeitura de São José dos Campos, e carimbos da unidade básica de saúde do Campo dos Alemães e de uma médica que negou envolvimento. Cada um dos atestados custava R$ 50.

As empresas têm como checar a autenticidade de atestados da rede pública de saúde. “O empregador, a empresa, pode ir a qualquer um dos postos onde há regular abertura de processos e ela vai verificar nos seus registros se aquele atendimento se deu naquela data, por aquele profissional e, se isso aconteceu, que prazo ou que licença foi dada, ou seja, a veracidade do documento”.

Sobre o esquema de compra e venda de atestados médicos em Jacareí, a Polícia Civil informou que as investigações ainda estão em andamento. Segundo o delegado que investiga o caso em São José dos Campos, os funcionários que compram atestados também podem responder como co-autores do crime de falsidade ideológica. A empresa de telemarketing informou que está colaborando com as investigações da polícia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1319 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal