Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

09/11/2011 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

DDF prende homem com 36 cartões ´clonados´

Após cerca de 20 dias de investigação, os policiais conseguiram prender o acusado, no Parque Manibura.

Inspetores da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), sob o comando do delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, prenderam, na manhã de ontem, Antônio Germano Chaves, 38. O homem é acusado de integrar uma quadrilha interestadual especializada na clonagem de cartões.

Ele foi detido na Rua Ieda Carvalho, bairro Parque Manibura, com 36 trilhas contendo senhas e vários cartões, inclusive de games, onde as tarjas eram colocadas. O titular da DDF, informou que as trilhas encontradas em poder do acusado são de clientes de bancos do Estado do Amazonas.

Segundo as investigações realizadas pelos inspetores ds DDF, Germano Chaves viajava para Manaus, capital do Amazonas, onde entregava cartões de correntistas cearenses. "Ele vendia e comprava trilha e também clonava os cartões, pois foi encontrado com equipamentos usados para copiar as trilhas", ressaltou o delegado.

Ao ser abordado pelos policiais da DDF, o acusado apresentou um alvará de soltura da Justiça do Rio Grande do Norte, onde é processado por estelionato. Germano Chaves também responde a processos por furto, em Jaguaribe, e lesão corporal, em Novo Oriente.

Para o titular da DDF, o acusado Germano Chaves integra um grupo bastante organizado, que age em vários estados das regiões Nordeste e Norte. Jaime de Paula Pessoa mostrou vários cartões que estavam nome de uma pessoa, entretanto era de outra. O delegado ressaltou que as investigações duraram mais de 20 dias.

Facilidade

O delegado tem ressaltado a facilidade com os estelionatários obtem dados de clientes pela Internet e com a utilização de ´chupa-cabras´. De posse dos dados, eles usam as informações para a prática de crimes, desviando dinheiro e realizando compras e saques até o limite dos cartões.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 211 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal