Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

23/10/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsos advogados são presos em MT suspeitos de golpes em trabalhadores

Por: Kelly Martins

As prisões ocorreram em Tangará da Serra, em MT. Suspeitos distribuíram panfletos convidando população para uma reunião.

Dois homens foram presos pela Polícia Militar em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, suspeitos de exercício ilegal da profissão de advogado e por captação de clientes. Com eles foram localizados e apreendidos documentos como procurações e contratos de honorários que estavam sendo firmados com a população atendida ilegalmente.

De acordo com a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Tangará da Serra (OAB-MT), panfletos foram distribuídos na cidade convidando trabalhadores rurais e pescadores a participarem de uma reunião para darem entrada no pedido de aposentadoria rural. O material ainda informava quais documentos deveriam ser levados para que o processo fosse iniciado.

Porém, a denúncia, segundo a OAB-MT foi encaminhada à instituição e integrantes da instituição foram até o local, onde seria realizada a reunião, na noite de quinta-feira (20). O presidente da Ordem no município, Josemar Carmerino, informou que foi constatado que os suspeitos não eram advogados e estariam agindo em nome de outras pessoas. Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade.

Nos documentos apreendidos, havia nomes de advogados da cidade de São Carlos, em São Paulo, e de Pontes e Lacerda, região Oeste de Mato Grosso. O presidente da Ordem disse que o caso será levado à Seccional da OAB para apuração e possível instauração de processo ético-disciplinar junto ao Tribunal de Ética e Disciplina.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 154 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal