Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

24/10/2011 - Jornal Pequeno Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Celular irregular cresce 19% e movimenta R$ 4 bilhões


A venda de celulares pirateados ou falsificados deverá crescer 19% em 2011 no mercado brasileiro e chegar a 11,4 milhões de aparelhos. Estão incluídos na conta telefones importados ilegalmente e vendidos sem a homologação da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), registro obrigatório para a comercialização.

Em geral, são cópias de modelos muito cobiçados, como o iPhone, da Apple, além de modelos da Nokia, da Samsung e da Motorola. No ano, os brasileiros devem gastar em média R$ 350 por aparelho pirata e movimentar R$ 4 bilhões no mercado da falsificação.

O mercado legal, segundo a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), deverá chegar a 57 milhões de celulares, ante 48 milhões no ano passado.

O Brasil tem um dos maiores índices de pirataria de celulares da América Latina, em torno de 20%, enquanto a média dos outros países fica em torno de 15% , diz Aderbal Pereira, do Mobile Manufacturer Forum (MMF), que reúne fabricantes.

Segundo Pereira, a maior motivação para a compra está no preço, um terço do aplicado aos originais. O que o comprador ainda não percebeu é que, apesar de comprar certas funções, muitas não são entregues, como qualidade da câmera ou acesso à internet, afirma.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 108 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal