Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

28/10/2011 - O Mirante Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsos técnicos de gás andam a burlar moradores do concelho de Vila Franca de Xira


Há burlões que se fazem passar por técnicos de gás no concelho de Vila Franca de Xira. A Polícia de Segurança Pública já recebeu quatro queixas nos últimos meses, mas acredita que sejam muitos mais os casos porque há vítimas que não apresentam queixa. Os falsos técnicos abordam as pessoas em casa e dizem que vão fazer uma manutenção de rotina à canalização do gás e aos equipamentos e acabam em alguns casos por conseguirem convencer os moradores a pagarem quantias entre os 50 e os 100 euros. A Galp Energia, que fornece o concelho através da empresa do grupo Lisboa Gás, já veio alertar as pessoas para estarem atentas.

Segundo já apurou na investigação a PSP, os homens são de conversa fácil, andam aos pares e muitos dos moradores só dão pela burla pouco depois da visita. Os falsos técnicos do gás atacaram nas urbanizações que já são servidas por gás canalizado, como Povos (Vila Franca), segunda fase do Forte da Casa, Malva Rosa em Alverca e na Quinta da Piedade na Póvoa de Santa Iria.

A empresa Galp Energia, numa comunicação enviada junto da factura aos consumidores do concelho, refere que já foram registadas queixas de clientes burlados por falsos técnicos de gás e recomenda que os moradores solicitem sempre identificação a quem se apresenta como técnico. "As visitas realizadas pelos técnicos a casa dos clientes são sempre agendadas previamente e nunca sem surpresas", informa a empresa. A Galp Energia explica que as únicas situações que fogem à regra são as contagens das leituras e mesmo durante essas visitas "nunca, em nenhuma circunstância, deverão ser solicitados pagamentos ao cliente".

Segundo a PSP a maioria dos moradores não consegue identificar os burlões mas a polícia garante que já tem alguns indícios que podem levar à identificação dos autores dos crimes. "Os burlões aproveitam-se da ingenuidade das pessoas, sobretudo das mais idosas, para atacar", explica a PSP.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 262 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal