Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

27/10/2011 - TVI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fingiam ser bancários e enganavam idosos na rua

Trio já foi detido pela PSP de Loures.

Três homens foram detidos pela PSP de Loures em flagrante delito pela prática do crime de burla, em plena via pública, a idosos, a quem enganavam para se apoderarem dos cartões Multibanco, revelou hoje o Comando Metropolitano de Lisboa.

De acordo com a PSP, os suspeitos, com idades entre os 17 e os 40 anos, foram detidos na terça-feira, cerca das 12:00, na zona de Alvalade, em Lisboa, e estão hoje a ser ouvidos no Tribunal de Loures em primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coacção.

Segundo o relato policial, os suspeitos actuavam em zonas onde residiam pessoas idosas, abordando-as na rua, fazendo-se passar por funcionários bancários que iriam proceder à troca do cartão Multibanco devido a uma alteração do código.

Depois das vítimas revelarem o respectivo código, um dos suspeitos procedia à troca, apoderando-se do cartão, deslocando-se depois o grupo a uma máquina ATM para levantar o máximo de dinheiro possível.

Os suspeitos usaram o mesmo método há dois dias contra um homem de 73 anos e ainda estavam na posse do cartão multibanco da vítima quando foram apanhados pela polícia.

Depois da detenção, os agentes da PSP efectuaram uma busca à casa do principal suspeito, o homem de 40 anos, e apreenderam diversa documentação e duas pistolas, uma de calibre 6,35 milímetros e outra 7,65 (calibre proibido), bem como seis munições 7,65mm.

O detido está relacionado com outras nove situações de burla e já era alvo de investigação há cerca de ano e meio, revelou a PSP, que suspeita que o grupo agora detido possa estar em mais burlas participadas à polícia na Área Metropolitana de Lisboa, seguindo o mesmo método.

Para apurar essas situações, a PSP apela às vítimas que eventualmente não tenham comunicado o crime à polícia que o façam urgentemente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 148 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal