Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

26/10/2011 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal analisa suposta fraude do Enem; Ministério Público Federal quer anulação nacional do exame


A Polícia Federal já está fazendo levantamentos preliminares sobre a suposta fraude nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A apuração foi confirmada ao Diário do Nordeste Online, na tarde desta quarta-feira (26), pelo Departamento de Polícia Federal (DPF) em Brasília. Já o Ministério Público Federal (MPF) quer a anulação do exame em todo o Brasil.

A acusação de fraude veio à tona mediante um possível vazamento de questões do exame para alunos do colégio Christus, em Fortaleza. O DPF confirmou ter sido acionado pelo Ministério da Educação (MEC) para a instauração de um inquérito policial sobre o caso.

De acordo com a Polícia Federal, o caso está em fase de levantamentos prévios até que haja a confirmação de fraude. "Estamos aguardando a papelada do MEC. Por enquanto estamos fazendo o levantamento prévio do caso. Não adiantam declarações em redes sociais sobre o assunto. Temos que esperar documentação oficial", disse ao Diário do Nordeste Online o DPF em Brasília.

Colégio deve cobrir gastos, diz o MEC

O MEC, por sua vez, diz que a possível remarcação de provas deve abranger somente os alunos do Christus - 639 pessoas, conforme informações preliminares. A nova data seria a mesma da aplicação do exame para os internos dos presídios e penitenciária: 28 e 29 de novembro - segunda e terça-feira.

Por cada aluno a refazer o exame, segundo o MEC, o colégio deve pagar no mínimo R$ 45 - em virtude da necessidade de cobrir os gastos.

MEC aguarda investigações da Polícia Federal

O ministério aguarda, também, o resultado das investigações da Polícia Federal antes de falar sobre medidas a serem tomadas contra os possíveis responsáveis pelo caso. "Se for comprovado que o colégio agiu intencionalmente nós vamos processar a instituição", afirma a assessoria da pasta.

Ministério Público pede anulação de todo o Enem

O procurador Oscar Costa Filho, do Ministério Público Federal (MPF) no Ceará, propõe que o exame seja anulado para todos os alunos que fizeram as provas no último fim de semana, em todo o Brasil, ou que as 13 questões possivelmente vazadas sejam canceladas. Segundo ele, o órgão encaminhou esta recomendação ao MEC.

De acordo com Oscar, também foi encaminhada nesta quarta-feira ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) uma notificação administrativa solicitando a anulação total ou parcial da prova. O Inep tem o prazo de 48 horas para se pronunciar sobre o caso.

"Como se trata de um exame nacional não podemos aceitar que apenas os estudantes cearenses sejam prejudicados, tendo que refazer a prova", sustenta o procurador.

Oscar alega ter constatado que houve a existência de 13 questões idênticas, literalmente copiadas de um simulado elaborado e distribuído entre os alunos do Christus, em Fortaleza, e encontradas nas provas do Enem.

Alunos defendem o colégio das acusações

O Diário do Nordeste Online conversou com alguns alunos do colégio Christus para saber a opinião sobre as provas do Enem e o envolvimento do Christus.

"Estou bastante revoltado com as declarações sobre o colégio. Estudo no Christus desde pequeno e esse fato não condiz com o posicionamento da instituição. Recebemos o TD com algumas questões que estavam em banco de dados, mas o colégio não enfatizou nenhuma questão. Eu acredito no Christus. Se vierem a anular a prova vou me sentir bastante prejudicado, pois fiz uma excelente redação e para mim é a redação que decide, e não as 13 questões".

Cláudio Filho, Christus Anexo, Turma 5 do 3º ano


Notícia atualizada em 27/10/2011, conforme atualização da fonte original.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 423 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Equipe MdF - 27/10/2011 09:37

Prezado Anonimo. Nos não publicamos nada. Somente REPRODUZIMOS um artigo publicado por um meio de imprensa que está claramente definido no cabeçalho da página. Se tiver reclamações entre em contato com tal meio de imprensa. Toda retificação ou alteração que eles fizerem e nos for comunicada, tambem reproduziremos. Atenciosamente


Autor e data do comentário: Ricardo - 26/10/2011 19:34

Essa notícia foi modificada pelo Diário do Nordeste na parte dos depoimentos dos alunos. Eles invalidaram alguns e vão crescentar outros. Peço que sigam a fonte principal e modifiquem também a sua notícia copiada.


Autor e data do comentário: Anonimo - 26/10/2011 19:00

Preciso do número de contato de vocês. Publicaram em meu nome e eu não autorizei. Ainda mais, publicaram coisas que não proferi.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal