Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

22/10/2011 - 180 Graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Educação apura fraude no transporte de 50 mil alunos

Secretário Átila Lira, da Educação: investigação para apurar supostas irregularidades no transporte.

A Secretaria Estadual de Educação fará uma auditoria nas 1.700 rotas de transporte escolar após denúncias de irregularidades em algumas linhas. O transporte escolar custa mensalmente em torno de R$ 4 milhões e transporta mais de 50 mil alunos em Teresina e no interior. Segundo as denúncias, as licitações foram feitas, os contratos assinados, mas algumas empresas não disponibilizaram transporte para operacionalizar algumas rotas e os alunos não estariam sendo levados às escolas.

As gerências regionais de Educação farão um levantamento da situação de transporte escolar nas 21 unidades regionais. São quatro em Teresina e 17 no interior do estado. Das 1.700 rotas, 400 delas são consideradas mínimas, de até doze quilômetros, e são feitas em três turnos. O entanto, algumas delas não estão sendo operadas, o que tem aumentado a evasão escolar.

O secretário de Educação, Átila Lira, determinou que todas as linhas escolares sejam fiscalizadas e deve ser contratada uma empresa especifica para fazer uma auditoria em todas as rotas de transporte escolar. O objetivo é dar mais eficiência ao sistema e garantir a presença das crianças nas escolas. Os problemas foram identificados desde o ano passado, mas eram pontuais. Agora, todo o sistema passará por uma inspeção.

As 21 regionais da Educação farão uma vistoria e um relatório que será encaminhado à Secretaria de Educação para as devidas providências. Nas denúncias, constam que os ônibus foram contratados, são pagos, mas não rodam levando as crianças às escolas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 250 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal