Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

21/10/2011 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

BA: empresários fingem terem sido vítimas de golpe e acabam presos


O suposto roubo de R$ 700 mil terminou com cinco pessoas presas em Vitória da Conquista, no Centro Sul baiano, na noite de quinta-feira. Entre os presos estão duas pessoas que se diziam vítimas de um golpe. A polícia suspeita que o dinheiro foi entregue por dois empresários a um grupo que faria a falsificação das cédulas, mas eles teriam ficado com medo de perder a quantia e acabaram declarando teriam caído em uma armadilha.

Por volta das 17h de quinta uma mulher chamou a polícia dizendo que o irmão havia sido vítima de um golpe. Ele teria entregado o valor em dinheiro para dois homens em troca de dólares. Somente depois da entrega a suposta vítima teria percebido que no pacote de dólares recebidos havia papéis pintados de preto no lugar de cédulas.

A Polícia Rodoviária Federal conseguiu localizar a dupla, em um Hyundai, com placas de Brasília, uma hora depois na BR-116. Os empresários, os dois homens no carro e um comparsa foram encaminhados para a delegacia da Polícia Federal em Vitória da Conquista, onde a história começou a tomar outro rumo.

Conforme o delegado Victor Menezes a tal sacola com os dólares não foi localizada. Os suspeitos de terem roubado o dinheiro contaram então que haviam proposto falsificar dinheiro para os empresários, mas para isso precisariam dos R$ 700 mil para usar como molde.

"Pode ser que depois de ter feito a entrega um dos empresários ficou com medo de realmente ter caído em um golpe e chamou a polícia alegando roubo", explica Menezes. Os cinco acabaram presos em flagrante por crime contra o sistema financeiro.

Segundo o delegado, no carro também foram encontradas tintas e outros materiais, que poderiam estar sendo usados para fazer falsificações. O material, assim como o dinheiro foi encaminhado para a perícia. Além de esclarecer a real participação de cada um no esquema, a PF também investiga a existência de um laboratório de falsificação e a procedência dos R$ 700 mil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 149 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal