Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

19/10/2011 - Diário do Grande ABC Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

BC quer menos fraude de cheque

Por: Pedro Souza


A cultura do cheque está próxima de ter novo impulso. O Banco Central determinou algumas medidas para que o fornecimento e a utilização das folhas tenham mais fiscalização por parte dos bancos. A partir do dia 28 entra em vigor a primeira regra, que é a impressão da data, na folha, da emissão do cheque.

Essa primeira medida, conforme informou a autoridade, servirá como mais uma ferramenta para a avaliação dos riscos no recebimento de cheque. “A maioria das fraudes com folha de cheque roubado envolve formulários impressos há mais de um ano”, afirmou o BC. Portanto o receptor terá mais um instrumento para se defender de fraudes.

Entre os destaques da resolução nº 3.972/11 e da circular nº 3.535/11 também está a exigência da autoridade de que os bancos monitorem, a partir do dia 28 de abril, o uso do cheque por parte dos seus clientes. As instituições deverão orientar os consumidores à respeito do uso adequado da modalidade de pagamento, explicando como serão as medidas tomadas e as conseqüências caso haja o descumprimento delas, tudo explícito em contrato.

“O objetivo da medida trará mais prestígio ao cheque”, comentou a assessora técnica da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo Fernanda Della Rosa.

A mudança de hábito dos consumidores em utilizar os cheques é expressa pelos números, garantiu Fernanda. Em 1999, cerca de 62% das famílias afirmavam utilizar os cheques para realizar suas principais compras. Por outro lado, em 2009, o percentual de usuários das folhas caiu para cerca de 15%, destacou a assessora.

Apesar de os cartões gerarem maior preferência dos consumidores, pela comodidade e segurança, os cheques ainda são utilizados para as compras de maior valor, que ultrapassam os limites de pagamento dos plásticos. O problema é que alguns comércios, como forma de proteção contra as fraudes, acabam não aceitando as folhas.

Segundo a Fecomercio-SP, em 2010 foi compensado 1,2 bilhão de cheques no País. O problema é que 63 milhões deles foram devolvidos. Esse montante foi responsável por prejuízo de R$ 70 bilhões.

“Agora os bancos terão que reformular suas estruturas para liberar as folhas de cheques. E isso é importante porque o cheque é um título de cessão de direito e merece tal atenção”, argumentou a diretora de marketing da empresa de informações para análise de crédito ProScore, Melissa Penteado.

EXIGÊNCIAS - Entre as mudanças estipuladas pelo BC está a exigência de que os bancos aprimorem e divulguem as regras para o uso de cheques pelos correntistas. A partir de 28 de abril, as instituições deverão adotar critérios para fornecer os cheques aos seus clientes. E para isso deverão levar em consideração alguns fatores. O primeiro é se o dono da conta-corrente ainda tem dinheiro no banco, ou seja, não esteja com o saldo negativo. Também deverá haver critérios que considerem as restrições cadastrais dos clientes na hora de fornecer os cheques.

Os bancos deverão levar em consideração, ainda, o estoque de cheques em poder dos clientes, verificar se há registros no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos e a regularidade de dados e documentos dos clientes. “Dessa maneira, aumentando a responsabilidade dos bancos quanto ao fornecimento, nós esperamos que as fraudes realmente diminuam”, afirmou Fernanda. A Federação Brasileira de Bancos não se manifestou sobre o assunto.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 113 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal