Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

20/10/2011 - Correio do Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário que vendia gado inexistente é preso após 15 golpes

Por: Taryne Zottino


A Polícia Civil prendeu na tarde de ontem (19) Sidnei Rodrigues de Souza, de 36 anos, acusado de aproximadamente 15 golpes de estelionato envolvendo comércio de gado inexistente e detido oito vezes pelo crime. Os policiais da 7ª Delegacia de Polícia de Campo Grande chegaram até ele através da denúncia do proprietário de um açougue localizado no bairro Jardim Aeroporto. O comerciante desconfiou do preço oferecido pelo acusado e acionou a Polícia, que prendeu o homem em flagrante.

Este mesmo comerciante já havia sido lesado no ano passado e perdeu R$ 1 mil para o golpista, porém não prestou queixa na época.

Os golpes, destinados a pecuaristas e açougueiros, eram cometidos através de ligações onde Souza se identificava como criador de gado e negociava a venda de bezerros por um valor baixo. Porém, de acordo com a Polícia, o suspeito ligava para as vítimas alguns dias e pedia um adiantamento através de depósito bancário. Para justificar o pedido, ele dizia que sua esposa havia morrido e que precisava do dinheiro para enterrá-la.

Casos

Com a história, ele conseguiu cerca de R$ 8 mil reais de um produtor rural de Campo Grande, a queixa foi registrada na 4ª DP e será encaminhada para a 1ª DP.

Em Sidrolândia (MS), o acusado conseguiu a quantia de R$ 2, 8 mil. Tudo começou por meio de uma ligação para o Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) da cidade, na qual ele pedia que fosse divulgada a oferta de oito garrotes e salientou que precisava realizar a venda o mais rápido possível pois precisava pagar o tratamento da esposa doente. Conseguiu um contato, negociou e após algum tempo, voltou a ligar para o fazendeiro e disse que sua esposa havia falecido. Ofereceu os garrotes por R$ 450, sendo que os bezerros custam cerca de R$ 750 no mercado. Acreditando na conversa, a vítima depositou o dinheiro, que posteriormente foi recuperado.

Métodos

Para não se expor, o estelionatário usava nomes falsos e no momento da prisão, estava com três aparelhos de telefone celular. Ele também usava a conta corrente de terceiros para não ser identificado. Quando a vítima não queria fazer o depósito, Souza se oferecia para mandar um moto taxista receber o dinheiro e algumas vezes, ele mesmo ia de motocicleta e não tirava o capacete para evitar ser reconhecido.

A Polícia acredita que mais pessoas tenham sido lesionadas pelo golpista e investiga golpes em cidades do interior de Mato Grosso do Sul, como Jardim e Bonito. Sidnei Rodrigues está preso na 7ª DP e responderá por estelionato e tentativa de estelionato.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 185 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal