Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

10/10/2011 - D24am Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Prefeito de Parintins responderá ação por improbidade

Por: Felipe Carvalho

MP-AM encontrou fraude em licitações e na arrecadação de impostos e mau uso da verba pública.

Manaus - O promotor Fábio Monteiro, chefe do Centro de Combate ao Crime Organizado (CAO-Crimo), informou, ontem, que o Ministério Público do Estado (MP-AM) vai abrir ação penal e de improbidade administrativa contra o prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), por indícios de cinco irregularidades. Segundo Monteiro, a fase de investigação reuniu informações suficientes de fraudes na arrecadação de impostos e em contratos sem licitação, além de mau uso da verba pública e favorecimento de empresas. Ele aguarda mais documentos para fundamentar os processos e entrar com as ações.

Monteiro ressalta que todos os municípios do Estado vão passar por investigações. O próximo será é o de Boa Vista do Ramos, disse.

O CAO-Crimo ficou três dias em Parintins, onde recolheu dados das fraudes. “Pelo que a gente apurou, processo vai ter. Não tem para onde escapar”. Hoje, Monteiro deve se encontrar com o procurador-geral de Justiça do Estado, Francisco Cruz, para entregar o relatório do caso.

Durante a ação, Monteiro disse que encontrou imóveis em Parintins que foram subvalorizados para que os proprietários paguem menos impostos. A definição desses valores é feita pelo Setor de Terras da Prefeitura de Parintins. O promotor afirma que os imóveis são de pessoas ligadas a Bi Garcia.

Um dos imóveis suspeitos, diz o promotor, pertence ao dono da Construtora Tercom, Flávio Filho. Segundo Monteiro, o terreno utilizado para guardar materiais e tratores custa R$ 10 milhões, mas o Setor de Terras avaliou o imóvel em R$ 50 mil.

Neste domingo (9), Bi Garcia não foi encontrado para comentar o assunto.

Recapeamento

A Tercom também é investigada pelo MP-AM por ter sido contemplada pela Prefeitura de Parintins com dois contratos feitos sem licitação. Em um deles, no valor de R$ 2,195 milhões para recapeamento das vias da cidade, o MP-AM diz ter provas de que a Tercom já recebeu metade da verba sem ter realizado “quase nada”. “Ouvimos presidentes da comunidade e moradores, visitamos pessoalmente as vias e vimos que as ruas continuam no barro ou esburacadas”.

Na semana passada, Bi Garcia afirmou que 60% das obras de ‘tapa-buracos’ no município já foram concluídas. O prefeito destacou possuir relatório fotográfico das obras. Garcia argumenta que o promotor visitou as ruas que ainda não foram contempladas pela operação.

Monteiro ainda diz que Prefeitura e Tercom também estabeleceram contrato sem licitação para remanejamento do lixão próximo ao aeroporto do município.

Outra investigação é referente às acusações mútuas entre o secretário de Saúde de Parintins, Oswaldo Ferreira, e o diretor do Hospital Jofre Cohen, Josimar Marinho. Garcia diz que o diretor tem causado desconforto à administração.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 154 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal