Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

10/10/2011 - Achei USA Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cresce roubo de identidade no sul da Flórida

Não dê bobeira com carteiras, transações on-line e mesmo correspondência jogada no lixo, porque os ladrões de identidade estão de olho aqui no sul da Flórida.

No primeiro semestre deste ano, a Comissão de Comércio Federal (FTC na sigla em inglês) recebeu mais 20,000 reclamações de floridianos cujas identidades foram roubadas, quase o total das queixas registradas no ano passado. Mais da metade das vítimas reportou que números dos Social Security ou outras informações pessoais haviam sido usadas para cometer fraude ou roubo, com prevalência em partes de Fort Lauderdale, Hollywood e Hallandale Beach.

"Este tipo de aumento é chocante", disse said Vance Luce, agente especial encarregado do Serviço Secreto dos EUA no sul da Flórida, que investiga roubos de identidade e crimes financeiros.

Nem mesmo os policiais escapam. Os ladrões de identidade estão visando os policiais locais com esquemas para roubar seus cheques de restituição de impostos, disse o sheriff de Broward, Al Lamberti. "No sul da Flórida, sei de mais de 30 casos de policiais cujas identidades foram roubadas. Quando eles foram solicitar a restituição, descobriram que alguém já havia retirado, comentou o sheriff. E as queixas vêm de outros cidadãos também. Nem mesmo crianças escapam", alertou Lamberti.

Este tipo de crime cresceu em Boca Raton, Delray Beach e Boynton Beach, e em partes de Pompano Beach e Fort Lauderdale, mas vem atingindo mais fortemente o sul de Broward e o norte do condado de Miami-Dade. Uma explicação, de acordo com os policiais, é o fato destes locais terem elevadas populações de sul-americanos e europeus do Leste, com muitos deles envolvidos em esquemas criminosos para dar golpes em bancos, companhias de crédito imobiliário e Medicare.

A economia difícil também vem tornando-se outro fator. Como os criminosos estão faturando menos com suas outras atividades ilícitas, procuram alternativas para roubar dinheiro. Recentemente, as autoridades desmantelaram uma quadrilha que roubava identidades e entre os presos havia duas assistentes de consultórios médicos e uma funcionária do distrito escolar de Broward, que coletavam informações pessoais de professores e pacientes para vender a outros membros da quadrilha. Eles então assinavam como "usuários autorizados'' das contas bancários e cartões de crédito das vítimas, tirando dinheiro das contas e gastando mais de $128,000 em compras, disseram os promotores de Justiça.

Depois de condenada no mês passado, a ex-funcionária do distrito escolar, que não tinha recorde criminal, disse ao juiz simplesmente ter tomado uma "decisão equivocada''. Já outro ladrão de identidade, revelou: "Isto é mais fácil do que roubar bancos''.

E as chances de serem pegos também são reduzidas. Os policiais e o IRS, que investiga fraude tributária, estão sobrecarregados com tantos casos que eles vão apenas atrás daqueles envolvendo grandes quantias de dinheiro. "Estes crimes estão consumindo muito de nosso tempo, e temos poucos recursos para lidar com eles'', admitiu Lamberti.

Por isto, cautela é o melhor caminho para evitar que você se torne a mais nova vítima destes ladrões.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 92 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal