Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

03/10/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Aposentado de Campo Grande perde R$ 1 mil no golpe do 'carro estragado'

Golpista se passou por sobrinho e disse que estava com carro quebrado. Polícia rastreará conta onde vítima depositou dinheiro para socorrer 'sobrinho'.

Um aposentado de 76 anos foi vítima do golpe do 'carro estragado' na tarde desta segunda-feira (3), no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é que presos de Goiás teriam se passado por um sobrinho da vítima, que estaria com o carro quebrado em uma estrada do estado.

Em MS, polícia procura suspeitas que se passam por videntes e dão golpes Advogada perde R$ 33 mil no golpe do bilhete premiado em MS, diz polícia Golpistas anunciam empréstimo de até R$ 800 mil em outdoors em MS Idosa cai no golpe do "bilhete premiado" e perde R$ 11 mil em MS Segundo o investigador Paulo Carvalho, da 2ª Delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado, durante a primeira ligação um homem se identificou como sobrinho da vítima e disse que seu carro estava estragado em uma estrada próximo a cidade de Terenos e ele não tinha como voltar para casa. Outro homem que se passava por um mecânico também conversou com a vítima e disse que cobraria R$ 1 mil pelo serviço.

A esposa do aposentado também estava com ele na casa e acreditou que o homem seria mesmo o sobrinho do casal. A vítima realizou um depósito na conta que os golpistas haviam passado para ele e aguardou a ligação do sobrinho.

Em um segundo contato, a dupla pediu mais R$ 2,5 mil para rebocar o carro até a capital, o aposentado desconfiou que poderia ser um golpe e procurou a polícia. O boletim de ocorrência por estelionato foi registrado na 2ª DP.

Investigação

Carvalho disse ainda que a conta bancária informada pelos golpistas deve ser rastreada para confirmar a origem das ligações que tem código de área de Goiás. “O rastreamento pelas torres de celular é difícil porque geralmente os chips que os presos usam são destruídos logo após a ligação”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 144 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal