Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/09/2007 - Semana Informática Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vodafone declara guerra às fraudes

Por: Carlos Marçalo


A Vodafone Portugal vai utilizar o HP Fraud Management System (HP FMS) para mitigar actividades fraudulentas nas suas redes móvel e fixa. Com a implementação deste projecto, previsto para o final do ano, a Vodafone Portugal poderá identificar, investigar e responder a fraudes tanto nos serviços de voz como de dados. Em última instância, o HP FMS ajudará a Vodafone Portugal a salvaguardar as receitas provenientes das redes móvel e fixa, permitindo ainda o lançamento seguro dos serviços de próxima geração.

Esta solução serve também para proteger os utilizadores legítimos dos serviços da Vodafone contra roubos de identidade e fraudes técnicas, tornando o acesso a estes serviços mais seguro.

O HP FMS assenta numa arquitectura aberta, escalável e fiável que oferece aos operadores a flexibilidade e a rapidez para identificar, investigar e responder a todos os comportamentos fraudulentos em qualquer tipo de serviço, incluindo voz e dados em
ligações móveis e fixas.

Para maximizar a sua funcionalidade, o HP FMS integra software de parceiros como relatórios e dashboards baseados na solução Business Objects XI e classificação de casos com base na análise de dados e capacidades neuronais do Clementine da SPSS. O HP FMS pode receber informação proveniente do sistema de mediação existente ou directamente da fonte, tal como de centrais telefónicas, e utilizar um sistema de mediação interno baseado no HP Internet Usage Manager por forma a preparar os dados para análise.

O HP FMS corre em servidores HP Integrity com o sistema operativo HP-UX assim como em servidores HP Proliant com processadores AMD Opteron e sistema operativo Red Hat Enterprise Linux e a base de dados da Oracle.

«Ao considerar o combate à fraude uma prioridade máxima, a Vodafone Portugal procurou um parceiro de confiança capaz de fornecer uma solução fiável», afirmou Nuno Galveia, fraud manager da Vodafone Portugal. Segundo este responsável da Vodafone, os critérios valorizados na escolha da empresa responsável pela implementação do sistema de gestão de fraude teve em conta factores como «os êxitos alcançados pela HP na gestão de fraude, a funcionalidade do HP FMS e um roadmap em constante evolução aliado à presença e experiência da HP em Portugal».

O HP FMS foi implementado em mais de 80 fornecedores de serviços de telecomunicações em todo o mundo e ajuda a proteger as receitas resultantes de mais de 300 milhões de consumidores.
Por seu lado, Augusto Argento, director da Enterprise Risk Management Business Unit, Communications, Media and Entertainment da HP Portugal, explica que muitos dos serviços fornecidos pela Vodafone Portugal «requerem um controlo mais avançado no combate à fraude».

As perdas originadas por actividades fraudulentas são difíceis de medir visto que muitas não são detectadas ou comunicadas. Tendo como base um estudo elaborado pela Communications Fraud Control Association, em Março 2007, estima-se que o valor anual de fraudes nas telecomunicações se cifre acima dos 43,9 mil milhões de euros (60 mil milhões de dólares) em todo o mundo. À medida que o comércio móvel cresce, os operadores estão mais vulneráveis a maiores perdas resultantes de fraudes, tendo de suportar os custos de conteúdos, produtos e serviços furtados a terceiros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 518 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal