Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

07/10/2011 - Região Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes na Internet no Consultório do Consumidor da DECO


No Consultório do Consumidor da DECO, editado regularmente neste jornal on-line, desta vez a Delegação Regional do Algarve informa sobre Fraudes na Internet , designadamente em relação a e-mails de publicitação de prestação de alguns serviços, nomeadamente de crédito, que nos parecem ser emails fraudulentos. Como nos podemos proteger?

Surgem actualmente cada vez mais ferramentas de software que ajudam a diminuir o risco de acesso a conteúdos da Internet considerados abusivos ou perigosos.

No entanto, todos sabemos que quaisquer compras, créditos ou vendas podem ser alvo de burla na Internet.

Assim, desconfie de e-mails com proveniência desconhecida. Se não lhe é dirigido nem conhece a entidade, é muito provável que se trate de fraude ou vírus.

Analise o endereço do remetente. Regra geral, uma empresa credível de média ou grande dimensão não envia e-mails através de contas gratuitas (msn, yahoo e google, entre outras).

Repare no modo como a mensagem está escrita. Não é habitual uma instituição financeira estrangeira, por exemplo, enviar e-mails e, menos ainda, contratos de crédito em português. Se encontrar muitos erros ortográficos, o mais certo é ser fraudulento.

Também não é prática comum, alguém com um cargo elevado na instituição, como o presidente ou director-geral, tratar de um processo de crédito. Nestes casos, trata-se quase de certeza de fraude.

Nenhuma instituição concede crédito sem garantias. Logo, desconfie de propostas desta natureza. O mesmo conselho é válido para grandes recompensas monetárias. Acima de tudo, nunca envie dinheiro.

Por fim, nunca forneça a sua informação pessoal (nome completo, endereço de casa, telefone ou códigos de acesso à Internet) caso tenha dúvidas e se as tiver ou em caso de situação duvidosa, contacte as autoridades policiais da sua zona de residência, ou qualquer associação de consumidores.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 163 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal