Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

30/09/2011 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Analistas discutem o impacto da corrupção na economia

Por: Míriam Leitão


A sensação das pessoas no Brasil é de que a corrupção está aumentando. A impunidade parece estar virando a marca da sociedade brasileira.

A doença invade a economia: o governo é o maior comprador, há casos de superfaturamento e de inexplicáveis aditivos aos contratos. Se isso se generaliza, a economia vai ficando menos produtiva, menos eficiente e mais corrompida. Os brasileiros começam a ir espontaneamente para as ruas.

No programa Espaço Aberto, da Globonews, eu conversei sobre esse tema com Gil Castello Branco, da ONG Contas Abertas, que tem sido uma ferramenta para a sociedade saber mais sobre os gastos do governo. Também conversei com Luiz Navarro, secretário-executivo da Controladoria Geral da União (CGU).

Citando um estudo da Fiesp, Castello Branco diz que a corrupção no Brasil consome de R$ 50 bi a R$ 84 bi por ano, o que significaria de 1,4% a 2,3% do PIB brasileiro. Para Navarro, a corrupção é maléfica porque se trata de um instrumento que modifica os mercados, cria vantagens desiguais.

A participação e indignação dos brasileiros é fundamental nesse processo de combate à corrupção.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 388 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal